PublicidadePublicidade

Saindo de bar, mulher ferida e desesperada denuncia para polícia que homem tentou estuprá-la na rua

Vítima saiu sozinha do estabelecimento após brigar com marido e teria sido perseguida

Da Redação -
Central de Flagrantes da Polícia Civil. (Foto: Danilo Boaventura)

Uma mulher passou por grandes apuros no final da noite de domingo (10), após discutir com o companheiro e sair sozinha de um bar na Jaiara, tradicional bairro da região Norte de Anápolis.

Ela foi encontrada na porta de uma residência, já nas imediações do bairro Itamaraty, com vários ferimentos nas regiões do rosto, braços e pés.

Aos policiais, a moça detalhou que saiu do estabelecimento depois do desentendimento e que, então, foi perseguida por um homem de bermuda e mochila, que teria tentado estuprá-la.

O suspeito teria, ainda, agredido ela com socos e chutes, antes de fugir pelas ruas do setor.

A Polícia Militar (PM) realizou um patrulhamento pela região, mas não encontrou o responsável.

A vítima confirmou não se tratar do namorado e se dirigiu até a Central de Flagrantes para registrar a ocorrência.

Pouco tempo depois, a guarnição foi abordada por um motorista, que se identificou como o companheiro da mulher agredida.

Ele buscava elucidar a situação, mas acabou só se complicando.

Isso porque a fala enrolada, os olhos vermelhos e o hálito forte de álcool despertaram uma desconfiança imediata nos policiais, que acabou se confirmando após o teste.

O homem estava com a presença de álcool no sangue acima do permitido por lei e também foi levado para a delegacia da Polícia Civil, no Centro, para ser autuado por dirigir embriagado.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade