Médicos de Anápolis que são contra a greve iniciam diálogo com Roberto

Grupo de profissionais considera a paralisação precipitada e quer estender canal extra-sindical com o prefeito

Denilson Boaventura -
Vista do Centro Administrativo de Anápolis, na Avenida Brasil. (Foto: Divulgação)

Os médicos de Anápolis que são contra a greve iniciada nesta sexta-feira (15) abriram diálogo com o prefeito Roberto Naves (PP).

Cerca de 12h após o início do movimento, um grupo de profissionais foi recebido pelo chefe do Executivo Municipal no Centro Administrativo.

O Portal 6 apurou que, para não entrar em atrito com os colegas que aderiram ao movimento, eles preferiram por enquanto não falar com a imprensa e não permitiram que fosse tirado foto do encontro.

PublicidadePublicidade

Os profissionais presentes na reunião consideraram como precipitada a decisão da paralisação e querem estender um diálogo extra-sindical com o prefeito.

A ideia dos dissidentes é avançar em algumas demandas em relação às condições de trabalho e defasagem salarial.

Pautas nas quais o Sindicato dos Médicos de Anápolis (SIMEA), que começou a greve, alega não ter tido êxito junto à Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.