PublicidadePublicidade

Cães e gatos com Covid-19? Entenda a nova descoberta feita por universidade no Brasil

Principal preocupação dos pesquisadores é com as mutações que o novo coronavírus pode ter e causar entre humanos e pet's

Augusto Araújo -

Uma pesquisa divulgada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) chamou atenção ao trazer uma novidade sobre a disseminação da Covid-19 entre animais.

O estudo indica que cães e gatos podem contrair o novo coronavírus, mas não apresentam sintomas clínicos da doença.

O levantamento da PUC-PR também indica que apenas 11% dos bichinhos que moram com pessoas que tiveram Covid-19 apresentam o vírus nas vias aéreas.

O médico veterinário Marconi Rodrigues de Farias, coordenador da pesquisa, explica também que o agente infeccioso se comporta de modo diferente nesses pets, em relação aos humanos. “Eles pegam o vírus, mas este não replica nos cães e gatos. Eles não conseguem transmitir”.

O pesquisador também afirma que a possibilidade dos animaizinhos de estimação transmitirem a doença para os humanos é muito pequena.

Contudo, Marconi Farias ressalta que há uma preocupação com as mutações genéticas que o vírus pode ter no corpo dos animais, passando a causar infecções nos cães e gatos.

O especialista conclui afirmando ser importante controlar a doença e vacinar em massa a população, para evitar que o cão e o gato tenham acesso a uma alta carga viral, porque isso pode favorecer a mutação.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.