Homem mata o vizinho após discussão por galo que cantava “Bolsonaro”

Vítima foi morta com tiros e pedradas e o autor ficou escondido em mata por quase dois meses

Gabriella Licia -
Homem mata o vizinho após discussão por galo que cantava “Bolsonaro” (Foto: Reprodução)

Um homem, de 52 anos, foi preso nesta sexta-feira (29) após passar quase dois meses foragido dentro de uma mata, por ter matado o vizinho com tiros e pedradas.

O caso aconteceu em Petrópolis (RJ) após o morador da casa ao lado reclamar da melodia que o galo do suspeito cantava.

Segundo o agressor, a vítima acreditava que o galo cantava a palavra ‘Bolsonaro’ porque o próprio dono teria o ensinado intencionalmente para incomodar o colega da rua.

PublicidadePublicidade

Além do mais, em depoimento durante investigação, ele contou que as divergências dos dois já existiam de muito tempo.

No dia do crime, o dono do galo surpreendeu o vizinho com diversos tiros e, não satisfeito, ainda atirou uma pedra de oito quilogramas no homem já morto.

Após o ocorrido, o agressor se escondeu em uma mata por quase dois meses e só decidiu se apresentar na delegacia local depois de contratar um advogado.

Ele foi autuado pelo assassinato e deverá responder criminalmente pelo ato, podendo receber uma pena de no mínimo seis anos.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.