Traficante que matou filho adolescente de usuário em Anápolis enfim está preso

Vítima tinha apenas 14 anos e foi alvejada por diversos disparos ao sair no portão de casa

Da Redação -
Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc é a cadeia pública de Anápolis. (Foto: Reprodução)

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) cumpriu, na manhã desta sexta-feira (12), um mandado de prisão preventiva contra um jovem de 25 anos.

Segundo o órgão, ele foi apontado como o autor do homicídio qualificado que tirou a vida de Bruno Otávio Mendes de Olivera, de 14 anos, em outubro de 2019, no Jardim Alvorada, região Leste de Anápolis.

Na ocasião, o suspeito teria ido até a casa da vítima para cobrar uma dívida de drogas do pai, que era um ex-detento.

PublicidadePublicidade

Como o adolescente disse que o genitor não estava em casa, o envolvido teria se revoltado e efetuado disparos de arma de fogo contra o garoto, que não tinha nenhuma relação com o débito.

Os ferimentos foram tão graves que ele morreu antes mesmo do socorro chegar no endereço.

O preso possui passagens por roubo, porte ilegal de arma e tráfico de drogas. Ele foi encaminhado ao Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, a cadeia pública de Anápolis, e está à disposição do Poder Judiciário.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.