6 jovens que representam a nova geração da política em Goiás e podem surpreender nas próximas eleições

Engajados, eles possuem histórico de atuação em movimentos cívicos e sociais e acumulam experiência que os credenciam para as próximas disputas

Pedro Hara -
Jovens lideranças de Goiás podem disputar eleições em 2022. (Montagem: Portal 6)

Faltando menos de um ano para a eleição, novos nomes começam a despontar no cenário estadual e podem ser opção para os eleitores em 2022.

Seja na Assembleia Legislativa, Câmara dos Deputados e Senado, muitos candidatos irão apostar nesse termo para conquistar o voto do eleitor.

Ouvindo analistas políticos, o Portal 6 elaborou uma lista com seis nomes que representam a nova geração da política em Goiás e podem surpreender nas próximas eleições.

PublicidadePublicidade

1. Ludmila Rosa

Bacharel em Ciências Políticas pela Universidade de Brasília (UnB) e graduanda em Direito pela Universidade Federal de Goiás (UFG), Ludmila Rosa é líder da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS) e do Movimento Acredito.

Aos 33 anos, ela concorreu ao cargo de vereadora nas últimas eleições em Goiânia, tendo obtido mais de 1.400 votos. Apesar de não ter sido eleita, foi convidada para trabalhar na Prefeitura de Goiânia, onde ocupou o cargo de secretária Executiva de Políticas para as Mulheres até setembro deste ano.

Ludmila esteve por último na Secretaria Executiva de Políticas para as Mulheres na Prefeitura Municipal de Goiânia. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

2. Rimet

Advogado, Rimet é presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) em Anápolis. Aos 27 anos, tem no currículo duas eleições para vereador (2016 e 2020).

Em 2016, somou 388 votos. No último pleito, Rimet, triplicou o número de votos se comparado com 2016. Apesar de não ter sido eleito é o 1º suplente na Câmara de Vereadores de Anápolis.

Presidente do PT em Anápolis disputou as duas últimas eleições para vereador, mas não foi eleito. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

3. Matheus Ramos

Vice-prefeito de Alexânia, Matheus Ramos tem 26 anos. Antes de ocupar o cargo no Executivo Municipal, foi eleito vereador em 2016, com 331 votos.

Matheus é vice-presidente Nacional da Juventude do PSDB. Nas redes sociais, o jovem soma mais de 17 mil seguidores e é uma das apostas para os próximos anos.

Vice-prefeito de Alexânia já foi vereador no município. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

4. Michel Magul

Graduado em Direito, Michel Magul tem 29 anos e atualmente ocupa o cargo secretário de Desenvolvimento Econômico e Economia Criativa da Prefeitura de Goiânia.

Foi candidato a vereador na capital em 2020 e recebeu 3.750 votos. Também disputou mandato em 2018 para deputado estadual, mas não foi eleito.

Michel Magul atualmente é secretário de Desenvolvimento e Economia Criativa de Goiânia. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

5. Fábio Júnior

Estudante de Economia na Universidade Federal de Goiás (UFG), Fábio Júnior também é Analista Técnico. Na última eleição foi candidato a Prefeitura de Goiânia pelo partido Unidade Popular (UP).

Após o pleito, se desfiliou do UP e migrou para PT. Ele, que já foi motorista de aplicativo, também participa do movimento estudantil da UFG.

Após disputar a eleição pelo Unidade Popular (UP), Fábio se filiou ao PT. (Foto: Fábio Junior/Arquivo Pessoal)

6. Julimária Sousa

Economista e servidora pública, Julimária Sousa tem 34 anos e é liderança cívica do Movimento Acredito e fundadora do Goianas na Urna. Faz parte do RenovaBR, mesmo movimento da deputada federal Tabata Amaral (PSB).

Foi candidata a vice-prefeita em 2020, na chapa encabeçada pelo deputado estadual Virmondes Cruvinel (Cidadania).

Julimária foi candidata a vice-prefeita de Goiânia em 2020. (Foto: Wes)

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.