2021: o ano em que a UniEVANGÉLICA se transformou em universidade

Instituição de ensino superior é mantida pela AEE, que oferece com excelência do ensino fundamental ao doutorado; Universidade Evangélica de Goiás também assume papel fundamental em pesquisas, projetos de extensão e ações junto ao poder público que contribuem para a melhoria da vida da comunidade

Publieditorial -
(Foto: Divulgação)

Quando o ano de 2021 começou, a Universidade Evangélica de Goiás – UniEVANGÉLICA ainda era o Centro Universitário de Anápolis.

A expectativa de toda a comunidade acadêmica era de que o título universitário logo fosse concedido pelo Ministério da educação, o que na prática era o sonho dos fundadores da Associação Educativa Evangélica.

E foi o que ocorreu no dia 31 de maio de 2020. Após um longo processo no Ministério da Educação, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, assinou a portaria ministerial nº 351, de 27 de maio de 2021.

PublicidadePublicidade

O objetivo do documento é claro: “credenciar a Universidade Evangélica de Goiás – UniEVANGÉLICA”. Naquele dia, a cerimônia emocionou aos presentes, um momento ímpar na história institucional esperado durante muito tempo.

O documento assinado pelo ministro e com a chancela do ministério foi o resultado do trabalho da Associação Educativa Evangélica ao longo dos seus 74 anos.

UniEVANGÉLICA se transformou em universidade durante solenidade com ministro Milton Ribeiro. (Foto: Divulgação)

As marcas do legado dos fundadores e de todos aqueles que atuaram no seu desenvolvimento permanecem até hoje, com ações que ultrapassam as fronteiras do município de Anápolis e impactam a vida da comunidade no Estado de Goiás e até mesmo no Brasil.

Ações

A Associação Educativa Evangélica tem entre os eixos centrais de suas ações as iniciativas de pesquisa, ensino e extensão.

Com quatro mestrados e dois doutorados em andamento oferecidos pela Universidade Evangélica de Goiás, as seguintes áreas do conhecimento são contempladas: mestrado e doutorado em movimento humano e reabilitação; mestrado e doutorado em sociedade, tecnologia e meio ambiente; mestrado em odontologia e mestrado em ciências farmacêuticas.

No ensino superior, são mais de 50 cursos oferecidos em Anápolis Goianésia, Ceres, Rubiataba, Jaraguá, Senador Canedo.

Instituição se destaca pelos cursos que vão desde o ensino fundamental ao doutorado. (Foto: Divulgação)

A UniEVANGÉLICA, com mais de 10 mil alunos matriculados, obteve recentemente conceito máximo no MEC em seu curso de Medicina.

Também ficou entre as melhores IESs do Estado de Goiás no Índice Geral de Cursos (IGC) 2019 divulgado pelo Ministério da Educação.

Do fundamental ao ensino médio

O Colégio Couto Magalhães apresenta uma proposta inovadora e com a excelência que esta instituição de ensino pioneira carrega.

A unidade foi fundada em 1932 e no ano de 1947 passou a ser mantida pela Associação Educativa Evangélica. Os pais podem escolher entre uma das unidades – o Couto está presente em Anápolis, Goianésia e Ceres.

Colégio Couto Magalhães é referência no ensino desde sua fundação, em 1932. (Foto: Divulgação)

A Lei nº 13.415/2017 alterou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e estabeleceu uma mudança na estrutura do ensino médio, ampliando a carga horária e definindo uma nova organização curricular.

“Temos um desafio pela frente, que é oferecer à comunidade um serviço educacional no Colégio Couto Magalhães que vá além do que é exigido pela legislação. Ou seja, os alunos que estudam na instituição possuem uma grade curricular moderna e que está em sintonia com as suas potencialidades”, destaca o diretor da instituição, Paulo Alberto dos Santos.

História

À época da fundação, a Associação Educativa Evangélica adquiriu e passou a administrar o Colégio Couto Magalhães, criado no ano de 1932.

Na década de 1960, a instituição passou a contribuir decisivamente com o desenvolvimento do ensino superior na cidade, com a abertura da Faculdade de Filosofia Bernardo Sayão (FFBS) e a oferta dos cursos de Letras, História, Geografia e Pedagogia.

No final da década, no dia 18 de março de 1969, foi criada a Faculdade de Direito de Anápolis (FADA). E nos anos 1970, a Faculdade de Odontologia João Prudente era fundada, também mantida pela associação.

“Com forte vocação para o ensino superior, a Associação Educativa Evangélica ainda lançou Em Anápolis vários projetos de pós-graduação Lato Sensu nos anos 1980”, acrescentou o reverendo Heliel Carvalho, capelão institucional.

A década de 1990 pode ser lembrada pelo processo de unificação das faculdades, que antes eram isoladas. Em 1994, foram transformadas em Faculdades Integradas da Associação Educativa Evangélica (FAEE).

Em 2004, as Faculdades Integradas foram credenciadas como Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA.

Confessionalidade

Em 2012 a instituição iniciou o programa ComVocAÇÃO, que além do caráter confessional, com a divulgação de valores e princípios cristãos para todos os estudantes do Centro Universitário de Anápolis. É o momento em que todos os cursos se reúnem para discussão de temas motivacionais, confessionais, políticos, econômicos e artísticos, relevantes para a vida e desenvolvimento da sociedade, bem como prevenção ao uso de álcool e outras drogas.

Contribuição para a saúde

Além do Curso de Medicina, a UniEVANGÉLICA mantém em Anápolis importantes ações para a saúde, seja em projetos de extensão, atividades humanitárias e atuação direta na pandemia da COVID-19.

São diversas iniciativas junto ao poder público, empresas e demais organizações para o desenvolvimento do setor.

UniEVANGÉLICA atua na área da saúde, com diversos projetos de ensino, pesquisa e extensão comunitária. (Foto: Divulgação)

Em 2005, foi instituída pela AEE a Fundação Universitária Evangélica – FUNEV, com o objetivo de apoiar ações das mantidas e principalmente da UniEVANGÉLICA.

Atualmente, a FUNEV é a gestora do Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo e da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Perfil Pediátrico do Município de Anápolis.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.