Mariana Godoy, Fabíola Reipert e Renato Lombardi estão com Covid

Eles estão afastados dos telejornais por tempo indeterminado

Folhapress -
(Foto: Reprodução)

A apresentadora do “Fala Brasil”, Mariana Godoy e os jornalistas Fabíola Reipert e Renato Lombardi, do “Balanço Geral São Paulo”, da Record TV, receberam diagnóstico de Covid. Eles estão afastados dos telejornais por tempo indeterminado.

Mariana foi afastada às pressas na segunda (3) do telejornal matutino após a confirmação da doença pela segunda vez. Em 2020, ela e o marido, Dalcides Biscalquin, apresentador da Rede Vida, venceram a doença.

Nesta terça (4), a jornalista disse à reportagem que teve dor de garganta no fim de semana e fez o exame PCR, que deu positivo para a doença. “Mas meu único sintoma foi a garganta, nada mais. [O] médico está acompanhando sem grandes preocupações. Fora a voz anasalada, eu estou me sentindo muito bem”, disse Mariana.

Na segunda (3), Camila Busnello, âncora do Jornal da Record News, substituiu Mariana, mas a jornalista Patrícia Costa fica no lugar da apresentadora enquanto ela se recupera. O jornalista Sérgio Aguiar, companheiro de bancada de Mariana, continua no telejornal.

Fabíola Reipert, titular do quadro Hora da Venenosa, e o comentarista de segurança Renato Lombardi, ambos do Balanço Geral São Paulo, também receberam diagnosticados de Covid após passarem o Ano Novo juntos.

Fabíola foi substituída pela irmã, a jornalista Mabel Reipert, e Lombardi por Diogenes Lucas para repercutir assuntos de segurança.

Após dois anos de pandemia, 2022 começou com novas preocupações com o avanço da Covid-19. O Brasil teve um aumento de 137% nos registros da infecção no último ano de 2021, número que mostra reflexo também entre os famosos.

No dia 2 de janeiro, o ex-jogador de futebol Ronaldo Nazário, 45, recebeu diagnóstico de Covid. O comunicado foi feito pelas redes sociais do Cruzeiro, comprado recentemente pelo atleta.

No mesmo dia, o PSG confirmou quatro casos de jogadores confirmados com Covid, entre eles, Lionel Messi. “Os quatro jogadores diagnosticados com Covid-19 são Leo Messi, Juan Bernat, Sergio Rico e Nathan Bitumazala. Eles estão em isolamento e vão passar pelo protocolo médico apropriado”, diz o comunicado.

Vários outros famosos também confirmaram, nas últimas semanas, o diagnóstico positivo. Esse foi o caso da influenciadora Gabriela Pugliesi, 37, que anunciou a seus seguidores na manhã de Natal que estava com “zero sintomas” e isolada.

Com as duas doses da vacina já tomadas, Pugliesi já tinha sido uma das primeiras figuras públicas a contrair a doença, em março de 2020, após vários convidados do casamento de sua irmã também terem diagnóstico positivo após a festa, na Bahia.

Já a apresentadora e atriz Maisa Silva, 19, pegou a doença com os pais, o que fez com quem os três tivessem uma festa de Ano-Novo reservada, em quarentena. Ela contou em suas redes sociais que todos apresentam sintomas leves “graças à vacina”.

Outros famosos que tiveram que mudar seus planos para as festas de fim de ano por causa da doença são os atores Marcelo Serrado e Luis Lobianco -este último teria contraído a doença na Europa- e os cantores Preta Gil e Mariano, da dupla com Munhoz.

No dia 26 de dezembro, Caetano Veloso informou em seu perfil no Instagram que recebeu o diagnóstico positivo para Covid-19. Sua mulher, Paula Lavigne, também contraiu o vírus. Ambos passam bem.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.