Motoristas de Anápolis criticam mudanças na Uber e empresa rebate com comunicado

Trabalhadores afirmam que iniciativa fez com que lucros de viagens ficassem ainda menores

Lucas Tavares -
Corrida por aplicativo. (Foto: Reprodução)

A Uber anunciou nesta semana uma série de mudanças no funcionamento do aplicativo de corridas. No entanto, algumas não têm agradado os motoristas.

Uma delas, notada desde o início pelos colaboradores da empresa, seria a nova forma em que as tarifas dinâmicas aparecem na tela.

Alguns motoristas relataram ao Portal 6 que o valor repassado para eles têm sido menor após as atualizações.

Sob a condição de não se identificar, um deles, de 37 anos, contou que antes da alteração ganhava bem mais e que agora, a nova medida, vai prejudicar também os passageiros.

“Nos horários de pico, em Anápolis, funcionavam os multiplicadores. As corridas eram multiplicadas por 02, 1.5, 1.9. Agora não, na nova modalidade as dinâmicas são fixas, a gente chama de dinâmica picolé”, afirmou.

Segundo ele, uma das consequências em curto prazo é o aumento exorbitante do cancelamento de corridas, pois as corridas serão cada vez mais selecionadas.

“Eu como motorista, se a viagem não me pagar pelo menos 1.5 por quilômetro rodado, entre buscar o passageiro e levar até o destino, eu mesmo não faço e muita gente também não vai fazer”, alertou.

“Uma corrida que nós íamos ganhar um valor de R$ 12, nós estamos ganhando R$ 7”, lamentou.

O Portal 6 ainda conversou com mais dois motoristas que demonstraram indignação com a empresa. Ambos também optaram por não se identificar para evitar que o trabalho seja prejudicado.

“Para os passageiros foi bom. A Uber só preocupa com ela, os motoristas que se lasquem”, disse um condutor, de 41 anos.

“Cobram mais do passageiro, mas o repasse para nós está sendo bem menor. Tudo manipulado” completou outro, de 26 anos.

O que diz a Uber

O Portal 6 entrou em contato com a Uber, nesta quinta-feira (07), para entender a situação.

De acordo com a empresa, o preço dinâmico continua sendo atualizado em tempo real e única novidade é a forma de exibição.

Por exemplo, que antes aparecia em forma de multiplicador (1.1x, 1.3x) e agora aparece como ganho adicional (+R$4,25, +R$6,50).

A nota ainda diz que o objetivo das mudanças é aumentar os ganhos dos motoristas e incentivar os deslocamentos para as regiões mais movimentadas.

Leia a nota na íntegra a seguir

Não procede, o mecanismo de preço dinâmico continua sendo dinâmico, e não fixo. Ele continua sendo atualizado em tempo real e aumenta ou diminui conforme a demanda por viagens em uma determinada região, com o objetivo de aumentar os ganhos dos motoristas para incentivar que mais parceiros se desloquem para atender aquela região naquele momento.

A novidade é a forma de exibição do preço dinâmico na tela de solicitação de viagens no aplicativo usado por motoristas parceiros. Além do endereço de destino e do valor total de ganhos com a viagem, o novo cartão de oferta também detalha para o motorista parceiro o valor adicional, em reais, que ele vai ganhar nos momentos em que o preço dinâmico estiver ativo por causa da alta demanda. No modelo anterior, o cartão de oferta informava apenas um multiplicador do ganho final com a viagem.

Na imagem abaixo, é possível perceber o que mudou: antes a informação de preço dinâmico era exibida como multiplicador do ganho total (1.1x, 1.3x etc.). Agora, com o novo cartão de oferta o motorista parceiro tem a informação precisa de qual será o ganho adicional de preço dinâmico (+R$4,25, +R$6,50 etc.) para decidir se vai aceitar ou recusar a solicitação de viagem.

Imagem ilustrativa da Uber. (Foto: Divulgação)

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.