Mulher compra espetinho na rua e tem surpresa desagradável ao colocá-lo na boca

Ela foi parar no hospital e caso vem repercutindo em todo mundo

Augusto Sobrinho -
O anticucho é um tradicional espetinho peruano famoso nas ruas de Santiago. (Foto: Pixabay)

O que você faria se encontrasse um microchip de rastreamento de cachorro dentro de um espetinho de carne comprado na rua? Esta foi uma situação vivenciada por uma mulher no Chile na última quarta-feira (06).

O caso foi denunciado pela vereadora Michelle Tabilo Gatica, que também aproveitou para cobrar “controle de alimentos no comércio ilegal”, para outros cidadãos não passem pela situação.

“Ontem relatei o caso de uma vizinha que consumiu um anticucho [um tradicional espetinho peruano feito com carne bovina] na rua. Ela chegou ao hospital com uma dor de estômago e, infelizmente, tinha um chip de um cachorrinho no estômago”, escreveu.

Além disso, a Câmara Municipal da comuna Estación Central, em Santiago, também alertou a população sobre os riscos do consumo de alimentos sem procedência conhecida através de uma publicação no Twitter.

O microchip engolido pela mulher foi descrito como uma pequena cápsula, que tem aproximadamente o mesmo tamanho de um grão de arroz e é utilizado pelo Cadastro Nacional de Posse Responsável de Animais.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.