Jovem morre após ter 100% do corpo queimado tentando arrancar pipa de rede elétrica

Ela tinha apenas 26 anos e estaria acompanhada de várias crianças quando tudo aconteceu

Isabella Valverde -
Valéria Soares Teixeira, de 26 anos, não resistiu à gravidade das queimaduras e morreu no Hugol.(Foto: Reprodução)

Uma jovem, de 26 anos, identificada como Valéria Soares Teixeira, morreu após receber uma forte descarga elétrica enquanto tentava arrancar uma pipa de uma rede elétrica. O caso ocorreu na tarde de segunda-feira (02), em Inhumas.

De acordo com familiares da moça, no momento do acidente ela estaria brincando com diversas crianças. Foi quando o brinquedo se prendeu na fiação e a garota tentou tirar.

Para isso, teria jogado uma pedra amarrada em uma linha e, por fim, acabou recebendo o choque. Ele foi tão forte que a vítima ficou com queimaduras em 100 % corpo.

Local em que o acidente aconteceu chegou a ficar com a grama queimada. (Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi rapidamente acionada para prestar socorro e levar a moça até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região.

Devido à complexidade do caso, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) precisou transferi-la, em estado gravíssimo e intubada, para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia.

Já no Hugol, apesar dos esforços das equipes médicas, Valéria não resistiu aos ferimentos.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade