Chamar homem de careca passa a ser visto como assédio sexual na Inglaterra

Para Tribunal do Trabalho, comentar sobre a calvície de um homem é o mesmo que comentar sobre o tamanho dos seios de uma mulher

Gabriella Licia -
Chamar alguém de careca pode ser considerado grave crime na Inglaterra. (Foto: Reprodução)

Depois de denúncia de um eletricista britânico, o tribunal do trabalho da Inglaterra determinou que chamar alguém de ‘careca’ ou zombar de calvície poderá ser enquadrado no crime de assédio sexual.

De acordo com os três juízes responsáveis pela decisão, a vítima em questão se chama Tony Finn e recorreu às autoridades após receber comentários no trabalho sobre a falta de cabelo.

Os três lamentaram a calvície do homem, se compadeceram com a situação e decidiram que o uso da palavra ‘careca’ pode ser “inerentemente relacionada ao sexo”.

A bancada ainda fizeram uma comparação: “comentar sobre a calvície de um homem é o mesmo que comentar sobre o tamanho dos seios de uma mulher”.

As autoridades ainda ponderaram que “esse tipo de insulto é totalmente retirado do ambiente de trabalho e é formulado com a intenção de violar a dignidade do trabalhador”.

E completaram alegando que há ainda o desejo dos discriminadores em “criar um ambiente intimidador, hostil, degradante, humilhante ou ofensivo”.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade

+ Notícias