Frio em Goiás está indo embora, mas ainda há cidades que exigirão agasalho e cobertor

Previsão do Cimehgo também mostra que não deve chover, agravando a já preocupante umidade do ar no estado

Augusto Araújo -
Dia frio em Anápolis. (Foto: David Dourado)

Após a passagem de uma massa polar por Goiás, as temperaturas já começam a se elevar no estado. No entanto, algumas cidades ainda exigirão agasalho e cobertor para enfrentar o frio persistente durante o fim de semana.

Na região do Entorno do Distrito Federal, por exemplo, os termômetros no município de Cristalina podem marcar índices mínimos de 12ºC. A máxima, por sua vez, deve ser de 24ºC.

Em uma situação semelhante, a cidade de Jataí, no Sudoeste goiano, também pode apresentar temperaturas na casa dos 12ºC entre sábado (28) e domingo (29).

Já os maiores índices devem ser presenciados na faixa Norte do estado. Aruanã, no Noroeste goiano, pode marcar até 33ºC e Minaçu, no extremo Norte, deve registrar 32ºC.

O boletim do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (Cimehgo) ainda apontou que não haverá chuvas durante o fim de semana, o que deve agravar a já preocupante situação da umidade do ar no estado.

Em todas as regiões de Goiás, os índices podem ser menores do que 30%, taxa bem abaixo dos 60%, número considerado como o mínimo ideal.

Em Goiânia, por exemplo, a umidade deve alternar entre 25% e 85% entre o sábado (28) e domingo (29), com temperaturas variando de 17ºC até 30ºC.

Anápolis, por sua vez, pode ter termômetros marcando mínimas de 14ºC e máximas de 27ºC. Já os índices de umidade devem oscilar entre 30% e 85%.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.