Neymar toma pancada no mesmo pé operado e sai mancando de treino da seleção

Na hora da lesão, Tite promoveu Philippe Coutinho e depois testou Vini Jr para a equipe titular que treinava no momento

Folhapress -
(Foto: Reprodução)

(UOL-FOLHAPRESS) – Neymar virou dúvida de última hora para o amistoso desta quinta-feira (2) contra a Coreia do Sul, às 8h (de Brasília). No treino desta quarta, no Seul World Cup Stadium, ele tomou uma pancada no pé direito, saiu mancando do gramado e foi atendido pelos médicos da seleção brasileira.

O que mais preocupa o jogador é que as dores são no mesmo pé em que ele teve duas lesões, em 2018 e em 2019. Foi um problema no quinto metatarso, inclusive, que fez o atleta chegar sem estar com 100% de suas condições físicas na Copa da Rússia depois de passar por operação.

Neymar sentiu as dores em uma dividida envolvendo Danilo e Léo Ortiz. Na hora, ele já levou a mão ao pé, mas tentou continuar. Depois, não resistiu e saiu mancando até a beira do gramado.

Depois da atividade, o médico Rodrigo Lasmar explicou a situação do atleta. “Ele já apresentou um inchaço importante na região e não conseguia treinar porque a chuteira incomodava. Ele está em observação e vamos ver o que ele vai mostrar nas próximas horas. Temos pouco mais de 24 horas, é um tempo curto, mas é um tempo que vamos tentar usar para descobrir”, explicou.

“Vamos tratar com gelo, esperar diminuir o inchaço e se necessário faz exame de imagem. Ele agora vai deitar, dormir e vamos ver como ele vai estar amanhã de manhã. Mas não é nada na mesma região da operação, que foi o quinto metatarso. Dessa vez, a pancada foi no terceiro metatarso”, completou.

Na hora da lesão, Tite promoveu Philippe Coutinho e depois testou Vini Jr para a equipe titular que treinava no momento. A comissão ainda vai reavaliar o jogador do PSG para saber se ele terá condições de jogo amanhã.

O atleta do Real Madrid sai na frente na competição por espaço, mas depende de como ele vai estar fisicamente e na adaptação ao fuso.

O Brasil já perdeu Danilo, da Juventus, que não foi substituído, Ederson, do Manchester City, e não terá Gabriel Magalhães, do Arsenal, à disposição para esse jogo. Ele é dúvida para o amistoso contra o Japão, no próximo dia 6.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade