Ex-funcionário revela o que as lanchonetes fazem com clientes mal educados: “nossa vingança”

Polêmica, medida dividiu opiniões entre quem apoia e discorda da reação dos trabalhadores

Gabriella Licia -
Fast-food. (Foto: Mariya/Pixabay)

Um ex-funcionário de uma rede de fast-food não identificada decidiu revelar ao jornal britânico, The Mirror, a forma que os trabalhadores encontraram para se vingar dos clientes mal educados.

Segundo o anônimo, todas as vezes que os clientes os tratavam mal, eles demoravam propositalmente a entregar os lanches como forma de castigo.

Conforme ele, a pior parte é que a equipe conseguia ouvir os clientes mesmo quando o rádio estava no mudo. Com isso, presenciaram diversos ataques, xingamentos e insultos.

Quanto mais o cliente reclamava, acreditando não ser ouvido, mais eles demoravam para que pudesse aprender a lição da pior maneira.

“Quando colocamos um cliente em pausa porque estamos ocupados, ainda podemos ouvir. E a quantidade de insultos que ouvi é absurda”, disse durante entrevista.

“Se não respondermos imediatamente, podemos ouvir tudo. Se pedirmos desculpas e dissermos que estarei com você em um minuto, não está cortado, podemos ouvir tudo”, completou.

Nas redes sociais, os internautas ficaram divididos entre as opiniões. Enquanto alguns acreditam ser uma baita vingança boa, outros reclamam da falta de profissionalismo.

“Se não consegue lidar com o público, melhor abandonar na profissão”, disse um usuário contrariando o ex-funcionário.

“Bem feito! Quem é mal educado e não sabe esperar merece passar uma raivinha mesmo!”, brincou um apoiador.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade