Homem que levou tiro na virilha é levado para o HUGOL e sai de lá preso

Paciente havia dito que tinha atirado em si mesmo sem querer, mas a PM descobriu que a história não foi bem assim

Da Redação -
Homem teve sangramento e manchou roupas. (Foto: Reprodução)

Em uma situação repleta de reviravoltas, um homem, de 36 anos, foi atingido com um tiro de arma de fogo na região da virilha, precisou ser encaminhado com urgência para o hospital e saiu preso. Tudo isso ocorreu nesta segunda-feira (20), em Goiânia.

O Portal 6 apurou que populares que estavam na região do Residencial Jardins do Cerrado escutaram o barulho dos disparos e então acionaram a Polícia Militar (PM) para averiguar a situação.

Os militares então encontraram um homem sentado no chão com sangramento intenso na perna, próximo à virilha.

Diante da seriedade da situação, os próprios agentes transportaram a vítima dentro da viatura até o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (HUGOL) para que pudesse receber atendimento médico.

Já na unidade hospitalar, descobriram que o paciente havia mentido que era policial e, inclusive, já tinha diversas passagens criminais.

Foi então que o suspeito contou que havia atirado nele próprio por engano e, em seguida, jogou a arma fora.

Para tornar tudo ainda mais complicado, pouco tempo depois outro homem deu entrada no hospital alegando que tinha levado tiros no ombro e no pescoço e apontou a até então vítima como autor.

Diante de toda a situação, o suspeito foi preso em flagrante e encaminhado para a Central de Flagrantes logo após receber alta médica.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade