Preso padrasto suspeito de estuprar garotinha de apenas 07 anos

Criança reconheceu que era abusada após assistir uma palestra na escola sobre o Maio Laranja na escola quando contou para professora

Da Redação -
Jovem, de 22 anos, ficará a disposição da Justiça no presídio de Trindade. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um jovem de 22 anos foi preso preventivamente pela Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Trindade, na manhã desta segunda-feira (27). Ele é suspeito de ter estuprado a enteada, de apenas 07 anos.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Cássia Borges, o crime de estupro de vulnerável foi revelado após uma palestra do Maio Laranja, na escola da vítima, sobre o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, que aconteceu no dia 18 daquele mês.

Assim que participou do evento e tomou ciência de que aquilo que acontecia com ela era errado, a menininha contou para a professora que o padrasto, a quem ela chamava de pai, fazia tudo que havia sido falado na palestra com ela.

Diante do grave relato, a educadora buscou pela direção da instituição de ensino para revelar o que a vítima havia contado, quando o Conselho Tutelar foi chamado.

A Polícia Civil apurou, por meio de testemunhas, a realidade do relato da criança, assim como o laudo psicológico realizado, que apontou que o crime ocorria enquanto a mãe dela dormia.

Com isso, para proteger a menor de novas violências, o mandado de prisão preventiva do investigado foi solicitado pela delegada e aceito pelo Poder Judiciário.

O padrasto foi então preso na manhã desta segunda-feira e ficará agora no presídio de Trindade à disposição da Justiça.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade