‘Catador de papel escalador’ é preso suspeito de causar prejuízo a tradicional clínica de Goiânia

Homem já era acusado por estupro de vulnerável e foi identificado por meio de material genético

Karina Ribeiro -
Homem é preso suspeito de furtar clínica de Goiânia (Foto: PCGO)

O catador de papel Lucas Moisés Nunes de Jesus, de 33 anos, foi preso preventivamente pela Polícia Civil na terça-feira (26), em Goiânia.

Ele é investigado por furtar uma tradicional clínica de Goiânia, a CDI Marista, por três vezes, em um pouco mais de um ano. Lucas realizou o mesmo procedimento em todos os momentos: escalava o muro no período noturno para subtrair os bens.

Na primeira ação, conseguiu furtar mais de R$ 10 mil. Na segunda, foram R$ 3,5 mil, além de um celular funcional na última situação.

Conforme a Polícia Civil de Goiás (PCGO), a identificação do suspeito ocorreu por meio de coincidência genética obtida em material de DNA que foi recolhido em local do crime comparado com o DNA colhido por responder por crime de estupro de vulnerável.

Conforme a corporação, ele confessou os crimes e segue recolhido à disposição do Judiciário.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade