Governo de Goiás cria estratégia para ampliar vacinação contra a Covid-19 em crianças

Duas semanas após liberação da Coronavac são poucas as crianças entre 03 e 04 anos que foram imunizadas

Pedro Hara -
Apenas 3% das crianças de 03 e 04 anos foram imunizadas em Goiás. (Foto: Divulgação / Governo de Goiás).

Iniciada há cerca de duas semanas, a vacinação contra a Covid-19 em crianças de 03 e 04 anos em Goiás ainda caminha a passos lentos.

De acordo com o Ministério da Saúde, o número de de crianças aptas a se vacinar no estado é de 209.058. Entretanto, apenas 7.415 foram imunizadas, número representa apenas 03% do total.

Diante do cenário de baixa adesão a vacinação contra a Covid-19, a SES informou ao Portal 6 que orientou os municípios a adotarem algumas estratégias para que os pequenos sejam imunizados.

Dentre as medidas empregadas estão a ampliação do horário de funcionamento das salas de vacina; parceria com a Secretaria de Educação, principalmente nos CMEIs; busca ativa da população alvo, em parceria com agentes comunitários de saúde e de Estratégia de Saúde da Família e divulgação da campanha de vacinação na mídia.

Razões 

O médico infectologista Marcelo Daher apontou alguns dos motivos que podem explicar a baixa adesão da vacinação por parte dos pais e responsáveis pelas crianças de 03 e 04 anos no estado.

“A baixa adesão da população a campanha se deve a alguns motivos: nós temos uma diminuição na incidência da doença e da gravidade, nós estamos vendo casos mais brandos hoje. Isso faz com que os pais busquem menos a vacinação. Ao meu ver, o cenário neste momento não é um cenário de surpresa da diminuição da adesão”.

Outra questão levantada por Daher foi o imunizante aplicado neste primeiro momento nas crianças – a Coronavac. Para o especialista, como a vacina é para uma cepa que circulou majoritariamente há mais de um ano, os pais podem ficar receosos.

O médico também apontou que as fake news sobre a vacinação contribuem para a baixa adesão.

“Existe a incerteza da vacina, uma vacina que é projetada para a cepa de Wuhan, uma vacina antiga e que talvez não tenha aquela mesma proteção de controle da doença e sim de diminuir gravidade”, diz.

Mortes por Covid-19

Durante a pandemia, entre 2020 e 2022, a SES informou que foram registrados 22.876 casos de Covid-19 em crianças de 04 anos e 17.508, nos de 03 anos.

Apesar dos dados serem altos em um primeiro momento, a letalidade da doença é extremamente baixa no grupo infantil.

Entre as crianças de 03 anos, apenas 09 vieram a óbito, uma taxa de 0,05% de mortalidade. Já nos pequenos de 04 anos, o número é ainda menor, foram 08 mortes, o que representa uma letalidade de 0,03%.

 

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.