Quase todo mundo em Anápolis quer dar presentes no Natal

Pesquisa mostra também que filhos são quem mais podem contar com visita do Bom Velhinho

Isabella Valverde Isabella Valverde -
Comércio da Rua Engenheiro Portela, no Centro de Anápolis. (Foto: Claudiomir Gonçalves/Anápolis na Rede)

Não é novidade para ninguém que a magia do Natal acaba por beneficiar o comércio, já que a população costuma aproveitar a época para presentear as pessoas queridas. Neste ano, a expectativa não é diferente. Segundo a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Anápolis, ao menos 92% dos anapolinos querem presentear na data.

A pesquisa de intenção de compras foi realizada do dia 10 ao 30 de novembro e identificou que os preferidos para serem presenteados são os filhos, cônjuges, pai, mãe e sobrinhos.

Quando o assunto é o tipo de presente que deseja receber, a maior parcela de anapolinos demonstrou o desejo de ganhar roupas (25%), sendo seguido por dinheiro (22%), eletrônicos ou celulares (16%), calçados (15%) e viagens (7%).

Por outro lado, na hora de presentear, as preferências são para roupas e/ou acessórios (36%), brinquedos (19%), calçados (15%), perfumes e/ou cosméticos (14%), assim como eletrônicos e/ou celulares (9%).

Generosos por conta da magia natalina, 33% dos entrevistados pretendem investir mais de R$ 200 nos presentes, enquanto 25% planejam gastar de R$ 51 a R$ 100, 18% de R$ 151 a R$ 200, 14% de R$ 101 a
R$ 150 e por fim, 10% tem a pretensão de que os gastos não passem de R$ 50.

Vale destacar que grande parte dos consumidores alegaram que as promoções são consideradas como um dos principais aspectos que incentivam a realização das compras de Natal, além de que as lojas de rua são vistas como a melhor opção de local para se ir às compras.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.