Após Lula ser diplomado, padre de Anápolis se encontra com Bolsonaro e diz que o petista é bandido

Discurso foi proferido enquanto o religioso discursava para os apoiadores presentes no local

Pedro Hara Pedro Hara -
Padre Genésio com Bolsonaro. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Cerca de três horas após a diplomação do presidente eleito Lula (PT), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o presidente Jair Bolsonaro (PL), cumprimentou apoiadores que estavam no Palácio da Alvorada.

Os manifestantes seguravam cartazes com frases como “intervenção militar com Bolsonaro no poder”, além de pedir alguma ação das Forças Armadas para a manutenção de Bolsonaro no cargo.

Junto ao presidente estava o Padre Genésio, de Anápolis, e crítico ferrenho do petista. Enquanto discursava aos presentes no local, o religioso chamou Lula de “bandido safado”.

Em determinado momento, Genésio abençoou o presidente por não ter obrigado as pessoas a se vacinarem contra a Covid-19.

Ele também agradeceu a eleição de parlamentares ligados a Bolsonaro para a Câmara e Senado, afirmando que “o povo brasileiro quer dizer, democraticamente, que não quer ser roubado”.

Veja o vídeo:

 

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.