Amigo de soldado da PM suspeito de matar esposa e enteada evitou que ele atirasse contra si

Homem estava na academia quando recebeu ligação do suspeito e correu para a casa dele

Da Redação Da Redação -
Pistola que teria sido usada pelo suspeito. (Foto: Reprodução)

Um policial militar amigo de Rafael Martins Mendonça, acusado de matar a própria esposa e uma enteada de 03 anos, nesta quarta-feira (14), em Rio Verde, no Sudoeste de Goiás, evitou que ele atirasse contra si próprio.

Transtornado, o suspeito, que também é da Polícia Militar, ligou para o colega, que deixou a academia às pressas depois após Rafael dizer que iria se matar.

Quando o soldado da PM abriu a porta de casa, estava ainda com uma pistola na cintura e chorava copiosamente.

Nesse momento, ele levou a mão à arma e voltou a dizer que cometeria suicídio. O colega agiu rápido e tomou-lhe a pistola antes de ligar para uma equipe da polícia.

A esposa do amigo de Rafael, que é enfermeira, prestou os primeiros socorros às vítimas. A esposa, porém, já estava morta. Uma criança de 05 anos estava viva e consciente e foi levada para fora até a chegada do SAMU.

O Portal 6 ainda não conseguiu confirmar o estado de saúde da garota com o Hospital Pediátrico de Rio Verde.

Rafael Mendonça foi preso pela Polícia Militar.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.