Avião faz pouso de emergência em Hong Kong após carregador explodir a bordo

Vídeos publicados mostram que passageiros se levantaram após a fumaça se espalhar pela cabine; veja a cena

Folhapress Folhapress -
Momentos de terror deixaram passageiros em pânico. (Foto: Reprodução)

Um avião da companhia aérea Royal Air Philippines teve de fazer um pouso de emergência em Hong Kong depois que um carregador portátil explodiu durante um voo, o que provocou fumaça. O incidente, ocorrido na segunda-feira (19), não deixou feridos.

Vídeos publicados nas redes sociais mostram que passageiros se levantaram após a fumaça se espalhar pela cabine. Algumas pessoas ficaram nervosas e foram para o fundo do avião, onde havia menos fumaça, de acordo com o jornal honconguês The Standard.

A aeronave havia decolado da ilha de Boracay, nas Filipinas, e deveria pousar em Xangai, na China. O incidente foi resolvido sem maiores danos, e os passageiros puderam prosseguir o vôo com cerca de três horas de atraso.

Ainda não se sabe o que provocou a explosão do carregador portátil, cujo transporte é proibido em bagagens de mão pela Royal Air Philippines, de acordo com o The Standard.

No Brasil, segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), carregadores com baterias de íon lítio sobressalentes com mais de 100 Wh e um máximo de 160 Wh devem ser transportados na bagagem de mão com cuidados especiais.

“As baterias devem ser individualmente protegidas de modo a evitar curtocircuitos, colocando-as em embalagens originais de varejo ou isolando seus terminais”, diz o site da Anac.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade
PublicidadePublicidade