Na contramão dos preços de mercado, confeiteiras apostam em ovos caseiros e personalizados para Páscoa

Uma das maiores queixas de consumidores é justamente o alto valor dos produtos de marca

Davi Galvão Davi Galvão -
Ovos de colher são alternativa frente aos de mercado. (Foto: Divulgação/@cakecraftconfeitaria)

Com a páscoa surgindo no horizonte, diversos goianos já estão “suando frio” ao verem o valor dos ovos de chocolate disponíveis no mercado, que apesar de serem doces, até que estão com preços bem “salgados”.

Sabendo justamente disso, diversas doceiras e confeiteiras aproveitaram o momento para lançarem uma solução gostosa, prática e que, acima de tudo, cabe no bolso.

A confecção de ovos de colher durante essa época do ano não é algo inédito, mas vem se estabelecendo como uma forte alternativa ao preço do mercado.

Pelo menos, é o que afirma a confeiteira anapolina Luciene de Sousa, proprietária da @cakecraftconfeitaria, que já há quatro anos oferece um cardápio especial de páscoa.

“Por enquanto não me desapontei nem um pouco com a demanda. Muita gente procura, tanto por conta do sabor, que não tem nem comparação com algum de mercado, mesmo que de marca, quanto pelo custo benefício”, comentou.

Opção do catálogo da Cakecraft. (Foto: Divulgação)

Outro ponto importante, na visão dela, é que, ao comprar o ovo de uma confeiteira, o cliente tem a opção de personalizar o pedido conforme as preferências pessoais.

“No meu caso, por exemplo, pode escolher o tamanho, se é de 350g ou 600g, o tipo de chocolate, tem branco, ao leite, até com cookie, e por último o recheio. Tem de Kinder Bueno, Ferrero Rocher, Oreo, Alpino e vários outros. Essa liberdade de escolher é um dos pontos mais importantes, eu acho”, afirmou.

Personalização é um dos pontos mais fortes que levam os clientes a comprarem de confeiteiras. (Foto: Divulgação)

Na capital, diversas empreendedoras também compartilham dessa visão, como é o caso da confeiteira Ana Maria da Silva (@anamaria_docedocura), que, pelo terceiro ano consecutivo, também estará com um cardápio voltado para a Páscoa.

Para ela, com o custo de se adquirir um ovo de marca no mercado, é possível comprar de qualidade – e quantidade – “infinitamente melhor” ao se optar por pequenas produtoras.

“O que você gastaria uns R$ 70, R$ 80 em um desses chocolates em lojas, você consegue doces com muito mais sabor, ingredientes mais frescos e aquele gostinho de ‘feito em casa’, que é o que as pessoas gostam”, contou.

Além dos tradicionais ovos recheados, de diversos sabores, a doceira também prepara “kits de confeiteiro”, com os recheios e chocolates já preparados, mas para o cliente poder montar do jeito que preferir em casa. Outro diferencial também é o “kit degustação”, que vem com pequenos ovos para o interessado poder experimentar e ver qual prefere.

Kit desgustação, com opções sortidas de sabores. (Foto: Reprodução)

Ouvida pela reportagem, a estudante de biologia e anapolina Lis Xavier Campos comprará um ovo de uma colega este ano, e também contou outro motivo, além do preço, que pesou na decisão.

“Outra coisa que tá pesando bastante é que eu quero “ajudar” a confeiteira, que é amiga minha. Eu acho isso importante, ajudar negócios pequenos, um amigo, conhecido, melhor do que dar dinheiro para uma empresa grande”, afirmou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade
PublicidadePublicidade