Ilha da Tartaruga tem parte destruída por terremoto em Taiwan

Local turístico, conhecido por mergulhos e passeios de barco, ficou desconfigurado após tremor de terra

Folhapress Folhapress -
Ilha da Tartaruga fica desconfigurada após terremoto em Taiwan. (Foto: Reprodução/X)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A Ilha da Tartaruga, formação geológica cujo desenho lembra o de uma tartaruga, teve parte destruída durante o recente terremoto que ocorreu em Taiwan.

Local turístico foi desfigurado por terremoto. A Ilha da Tartaruga é uma atração onde turistas realizam mergulhos e passeios de barco, e perdeu parte de seu desenho característico pelo recente terremoto que atingiu Taiwan.

Vídeos mostram deslizamentos. Gravações publicadas nas redes sociais mostram momento em que parte da “cabeça da tartaruga” se solta do resto da ilha, fazendo a formação perder parte de seu desenho original.

TERREMOTO JÁ É HISTÓRICO NO PAÍS

Um terremoto de magnitude 7,5 na escala Richter atingiu uma região próxima a Taiwan, na noite desta terça-feira (2), no fuso horário do Brasil. Centenas de pessoas estão feridas, segundo autoridades locais.

Pelo menos nove pessoas já morreram, informou o governo de Taiwan. Segundo o corpo de bombeiros, ao menos três vítimas morreram esmagadas por pedras após deslizamento de terra no condado de Hualien, epicentro do tremor. O número de feridos está em 946, de acordo com a Agência Nacional de Bombeiros de Taiwan (NFA) .

Buscas continuam. 152 pessoas estão presas sob escombros, sendo 60 delas em um túnel e outras em edifícios em Hualien.

O terremoto foi o mais forte a atingir Taiwan desde 1999. A afirmação foi feita por Wu Chien-fu, diretor do Centro Sismológico de Taiwan. Ele se referia ao terremoto de magnitude 7,9 ocorrido em setembro daquele ano, que deixou 2.400 mortos.

Outros terremotos atingiram a região próxima a Taiwan. Às 21h11, horário de Brasília, a agência japonesa registra um terremoto de magnitude 6,6; às 21h35 outra ocorrência de 6,3; Às 21h46, um alerta menor foi emitido na província de Chiba, e não no Japão, com magnitude de 3,3.

O alerta de tsunami com ondas de três metros foi cancelado. As autoridades de Taiwan e do Japão emitirão alertas de tsunami para as suas regiões costeiras, prevendo ondas de três metros. O aviso foi cancelado cerca de três horas depois, por volta das 11h no horário local. O USGS (Serviço Geológico dos Estados Unidos) indicou magnitude de 7,4.

A agência sismológica das Filipinas também emitiu um alerta de tsunami para as áreas costeiras voltadas para o Oceano Pacífico. Os residentes das zonas costeiras de várias províncias foram aconselhados a evacuar imediatamente para regiões mais altas. A recomendação foi feita pela população de 23 províncias costeiras e posteriormente cancelada.

O terremoto também foi sentido na costa da China. A mídia estatal chinesa disse que os tremores foram sentidos em Xangai e na província de Fujian.

Relatos de tremores em Hong Kong. A agência de previsão meteorológica de Hong Kong recebeu mais de uma centena de registros de tremores.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade