Indonésia convoca Embaixada do Brasil para reunião sobre execução de Paranaense

O governo da Indonésia convocou representantes das embaixadas dos países com cidadãos no corredor da morte para reunião neste sábado (25), na prisão de Nusakambangan, em Cilacap, a cerca de 400 quilômetros de Jacarta, capital do país. No grupo de dez prisioneiros condenados à morte por tráfico de drogas, estão o brasileiro Rodrigo Gularte e condenados da Austrália, França, Filipinas, Nigéria e de Gana. O Ministério das Relações Exteriores (MRE) confirmou que a Embaixada do Brasil em Jacarta recebeu a convocação ontem (23) e mandou um representante à Cilacap, onde fica a prisão na qual o paranaense Rodrigo Gularte e os demais condenados estão. O MRE informou que ainda não recebeu comunicação oficial sobre eventual data de execução do brasileiro, preso em julho de 2004, ao tentar entrar na Indonésia com seis quilos de cocaína escondidos em pranchas de surfe. Pelas leis indonésias, os presos e seus representantes devem ser...

Leia mais

Obama diz que alterações climáticas são “a maior ameaça ao planeta”

O presidente americano, Barack Obama, afirmou hoje (18) que as alterações climáticas são "a maior ameaça ao planeta". Acrescentou que espera que os piores efeitos possam ser evitados. "Atualmente, não há maior ameaça ao nosso planeta do que as alterações climáticas", disse o presidente dos Estados Unidos na sua mensagem radiofônica semanal. "As alterações climáticas não podem ser negadas nem ignoradas. O mundo olha para os Estados Unidos esperando que assuma a liderança nesta matéria e é o que estamos fazendo", disse Obama lembrando que 2014 foi o mais quente desde que os registos de temperaturas começaram a ser feitos em 1880. Obama anunciou que viajará para a Flórida na quarta-feira (22), Dia Mundial da Terra. Ele vai ao Parque Nacional de Everglades "um dos locais mais singulares do planeta, mas também um dos mais frágeis". O presidente lembrou a sua aposta nas "energias limpas" e disse que...

Leia mais

Racismo e homofobia aumentam na França, alerta 1º Ministro

Três meses depois do ataque terrorista aos jornal Charlie Hebdo, que levou milhões de pessoas às ruas de Paris para pedir mais tolerância, o primeiro-ministro francês, Manuel Valls, fez hoje (17) um alerta à sociedade: o número de casos de racismo, homofobia e, principalmente, de intolerância com as comunidades judaica e muçulmana está aumentando de forma assustadora no país. Em visita a uma escola no subúrbio de Créteil, onde vive grande número de imigrantes judeus e muçulmanos, Valls anunciou o investimento de 100 milhões de euros (R$ 329 milhões) em projetos educacionais de combate à intolerância. Ele disse que medidas legais serão adotadas contra o discurso do ódio na internet e que serão ampliadas as penas para crimes que tenham motivação racista, religiosa ou homofóbica. Créteil foi palco, em dezembro do ano passado, de um brutal caso de violência contra um jovem judeu e a namorada. Levantamento divulgado ontem (16)...

Leia mais

Guerra na Síria já matou mais de 220 mil pessoas

Da Agência Lusa A guerra na Síria já matou mais de 220 mil pessoas desde o início da revolta contra o regime de Bashar Al Assad, em março de 2011, anunciou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos. "Registramos 222.271 mortes desde o início dos confrontos, em março de 2011", disse o chefe da entidade, Rami Abdel Rahman, à agência de notícias AFP, ao acrescentar que o número de mortos entre os civis chega aos 67.293, incluindo 11.021 crianças. De acordo com a organização não governamental, com extensa rede de informação no país, entre os combatentes contra o regime há 39.848 rebeldes sírios mortos e mais 34.872 jihadistas estrangeiros. No que diz respeito às forças que apoiam o regime de Bashar Al Assad, são registrados 46.843 soldados mortos, 34,872 integrantes das milícias das Forças de Defesa Nacional, 683 membros dos xiitas do Hezbollah e ainda 2.844 de outros países. Não estão...

Leia mais

Japão desenvolve barreira para conter tsunamis

Investigadores japoneses desenvolveram uma barreira costeira que se eleva automaticamente pela força das ondas e é capaz de conter o impacto de tsunamis sem causar alterações na paisagem. Uma equipe da Universidade de Nagoya, no centro do Japão, em colaboração com a Hitachi Zosen e outras entidades, desenvolveu ensaios que provam a eficácia do sistema, que “pode começar a ser aplicado a qualquer momento”, explicou hoje (16) à agência EFE um porta-voz do grupo. Quando colocada em cima de um dique convencional, a estrutura proporciona altura adicional e amortece o impacto da água sem obstruir a visão. Essas estruturas só se estendem quando o nível do mar sobe e a força das ondas as eleva para formar um bloqueio. As barreiras até agora construídas com esse fim, como as que existem em várias áreas do litoral japonês, demonstraram eficácia para aguentar ondas de até 10 metros. Muitos municípios do Japão...

Leia mais

Obama quer retirar Cuba da lista de países que apoiam o terrorismo

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, decidiu hoje (14) retirar Cuba da lista de Estados patrocinadores do terrorismo. A medida foi oficializada nesta terça, mas havia sido anunciada durante a visita de Obama ao Panamá, no último fim de semana, quando participou da Cúpula das Américas e reuniu-se com o presidente cubano Raúl Castro. A retirada de Cuba da lista é uma das reivindicações do governo cubano para a continuidade da retomada das relações entre os dois países iniciada em dezembro, rompidas desde 1961. De acordo com a Casa Branca, Obama informou o Congresso do país sobre a sua intenção de retirar Cuba da relação. A manutenção do nome do país na lista de patrocinadores do terrorismo tem sido sido um dos principais obstáculos ao estabelecimento de embaixadas em Washington e Havana. Os congressistas têm 45 dias para tomar uma decisão, que pode ser a de oposição à decisão...

Leia mais

Papa Francisco sobre reação do governo turco: caminho da Igreja é “o da franqueza”

O papa Francisco disse hoje (13) que "o caminho da Igreja é o da franqueza". "Não se pode calar aquilo que se viu e ouviu", acrescentou o pontífice. Em homilia, na missa matinal, na Casa de Santa Marta, o papa declarou que Igreja Católica tem de "dizer as coisas com liberdade". A homilia ocorre um dia depois de Francisco ter lembrado "o atroz extermínio" do povo armênio, episódio que cumpre o primeiro centenário, e que o papa considerou "o primeiro genocídio do século 20". Segundo a agência France-Presse, o papa João Paulo II usou o termo “genocídio” num documento assinado em 2000 com o patriarca armênio, mas esta é a primeira vez que um papa fala publicamente do assunto. Milhares de armênios foram deportados e massacrados pelo império otomano durante a 1ª Guerra Mundial, fatos reconhecidos como genocídio por mais de 20 países, mas nunca pela Turquia. "A mensagem da...

Leia mais

Escândalo: Vaticano recebe denúncia de orgia entre padres por toda a Itália

Um novo escândalo pode sacudir o Vaticano nos próximos dias. De acordo com a o jornal 'Il Corriere del Mezzogiorno' (O Correio do Meio Dia), periódico que tornou público nesta quinta-feira (09) as denúncias, vários padres italianos praticavam orgias entre si e também com homens não ligados à igreja. A denúncia foi recebida pela arquidiocese da cidade de Tarento, no norte da Itália, onde um homem disse diante do Tribunal Eclesiástico da Região de Púglia que havia mantido relações sexuais com um sacerdote local. Ele também denunciou orgias entre padres. O homem, de 32 anos de idade, apresentou ao Tribunal um conjunto de provas que inclui vídeos das orgias, fotos e conversas no Facebook e Skype mantidas entre sacerdotes homossexuais. Namoro proibido O denunciante afirmou ter conhecido um sacerdote de 50 anos no Facebook e logo se tornaram namorados. Segundo ele, o padre havia lhe confessado ter uma "vida sexual...

Leia mais

Espanha prende onze suspeitos de terrorismo na Catalunha

Numa operação que envolveu a participação de 360 agentes, a polícia espanhola prendeu hoje (8), na Catalunha, no nordeste da Espanha, onze pessoas suspeitas de fazer parte de uma célula terrorista que recrutaria jovens para lutar na Síria e no Iraque, além de planejar um ataque à região. Os detidos, dez homens e uma mulher, têm entre 17 e 45 anos, cinco são espanhóis, cinco marroquinos e um de origem paraguaia. As prisões foram feitas depois de buscas em 17 propriedades nas cidades de Terrassa, Sabadell, Sant Quirza del Vallès, Barcelona e Valls. A operação é resultado de uma investigação que começou há um ano e que já tinha resultado na prisão, em dezembro do ano passado, de três jovens espanhóis na Bulgária, que tentavam alcançar a Síria para lutar pelo grupo radical Estado Islâmico. Em entrevista à Rádio Catalunya, o Ministro do Interior da Espanha, Jorge Fernández Díaz, afirmou...

Leia mais

Fidel Castro aparece pela primeira vez em público após 14 meses

O ex-presidente de Cuba Fidel Castro, 88 anos, fez hoje (4) sua primeira aparição pública nos últimos 14 meses. Na segunda-feira (30), ele se encontrou com um grupo de 33 venezuelanos em uma escola de Havana. O grupo visitava a escola a convite do Instituto Cubano de Amizade com os Povos (Icap). De acordo com o jornal Granma, órgão oficial do Partido Comunista de Cuba, o encontro durou uma hora e meia. “É preciso trabalhar rapidamente, reunir muitas assinaturas destinadas ao presidente Barack Obama, de modo que a Venezuela deixe de ser considerada uma ameaça para a segurança dos Estados Unidos”, declarou Fidel aos visitantes, segundo informações do Granma. Fotos divulgadas pelo diário cubano mostram Fidel dentro de um veículo, acenando para os venezuelanos. “Fidel está cheio de vitalidade. Afirmam que esta é a definição mais recorrente dentro do grupo de amigos que o viram e puderam conversar com ele”,...

Leia mais
Página 67 de 69 1 66 67 68 69

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist