“Não fossem os problemas com o PT eu ganharia com folga”, diz João Gomes para o Estadão

A derrota de João Gomes (PT) para Roberto do Órion (PTB) em Anápolis foi destaque no Estadão. O jornal paulistano lembrou que o petista era favorito na disputa, mas que a onda antipetista minou a possibilidade dele ser reconduzido ao cargo. “Não fossem os problemas com o PT eu ganharia com folga”. O partido "atrapalhou muito",  disse à reportagem do Estadão, que ainda destacou a diferença de apenas quatro mil votos que separou João de Roberto e a tentativa frustada da campanha esconder símbolos do PT como a estrela e o ex-presidente Lula. A vitória de Roberto do Órion põe fim a era petista na cidade, iniciada em 2008 com a surpreendente vitória de Antônio Gomide para a Prefeitura após três duras derrotas anteriores do irmão Rubens Otoni. Agradecimento Na página que mantém no Facebook, João Gomes agradeceu os votos que recebeu ontem (30) e disse que a gestão dele deixará um "grande...

Leia mais

Roberto do Órion é eleito prefeito de Anápolis

Com 100% das urnas apuradas, Roberto do Órion (PTB) está eleito prefeito de Anápolis com 51,23%. João Gomes (PT) ficou com 48,77%. Ambos tiveram 88.730 votos e 84.475, respectivamente. Desde o início do segundo turno, o petebista liderava as pesquisas e apesar da reação do atual prefeito nos últimos dias, a eleição está definida findando um ciclo de oito anos do PT na segunda maior economia do estado de Goiás. Para a imprensa, Roberto do Órion disse que enfrentou uma campanha de muitos ataques e acredita que a vitória apertada ocorreu porque ele evitou responder no mesmo tom que o adversário. O prefeito eleito dedicou a vitória a família, a coligação e todos os apoiadores nesta final. Já João Gomes desejou boa sorte ao vencedor e garantiu que pretende colaborar com uma transição tranquila. Trajetória Roberto Naves e Siqueira é formado em farmácia e bioquímica. Em 2001, ele se mudou de Goiânia para Anápolis...

Leia mais

João Gomes acredita que crescimento nas pesquisas aponta vitória

O candidato a reeleição João Gomes (PT) chegou ao Colégio Roservir Ribeiro de Paiva às 13h04 deste domingo (30), já cercado por vários jornalistas. Ao ser interrogado sobre a busca e apreensão no gabinete de Eli Rosa (PMDB), vice da chapa, João Gomes condenou a tentativa de ligar seu nome ao ocorrido. João Gomes também comentou o crescimento nas suas intenções de voto, apontada na pesquisa Serpes deste sábado (29). “O povo remeteu a um trabalho de oito anos que a cidade experimentou com nossa administração e isso falou mais alto para o eleitor. Entendemos que esse percentual na urna será maior porque a pesquisa Serpes [foi feita) de quinta-feira para sábado. Atribuo isso aí relação de confiança que a cidade tem com a nossa administração”. Sobre a expectativa de vitória ele disse apenas que “ a sabedoria do povo no momento do voto é soberana e deve ser respeitada,...

Leia mais

Nova pesquisa Serpes/O Popular mostra Roberto do Órion com 51,9% contra 48,1% de João Gomes

Colhida entre os dias 27 e 28/10 a última rodada da pesquisa Serpes/O Popular mostra que a distância entre os dois candidatos que disputam o segundo turno em Anápolis diminuiu. Em votos válidos (que excluem brancos, nulos e indecisos), Roberto do Órion (PTB) tem 51,9% contra 48,1% de João Gomes (PT). Como a margem de erro é de 4,37 pontos, ambos concorrentes estão em empate técnico. Na rodada anterior, feita entre os dias 11 e 13/10, a vantagem do petebista na estimulada era 8,8%. Em duas semanas, a campanha petista, calcada na desconstrução da imagem do oponente, conseguiu diminuir essa distância em 6 pontos. Espontânea Na pesquisa espontânea, onde nenhum nome é apresentado ao entrevistado, Roberto do Órion tem 36,3% e João Gomes 33,3%. Anteriormente, o petebista tinha 33,9% e o petista 25,3%. Um total de 18,2% dos entrevistados pretende anular ou votar em branco e 6,8% se mostrou indeciso. No levantamento...

Leia mais

João Gomes, Roberto do Órion e mais 19 candidatos são multados pelo TRE por santinhos na rua

Um total de 21 candidatos de Anápolis foram multados em R$ 2 mil pela Justiça Eleitoral por derrame de santinhos próximo às zonas eleitorais, no dia 02 de outubro,primeiro turno. A ação foi movida pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). Os dois candidatos a prefeito João Gomes (PT) e Roberto Naves (PTB), que disputam o segundo turno em Anápolis no próximo domingo (30), estão entre os que receberam a punição. Carlos Antonio (PSDB) e Pedro Canedo (DEM), que também concorriam à Prefeitura na primeira fase, foram multados junto com os atuais concorrentes. O número de vereadores penalizados é ainda maior que dos candidatos a prefeito. Na lista, 17 candidatos receberam foram penalisados. Entre eles está a ex-vereadora Mirian Garcia (PSDB) e o vereador reeleito Lisieux José Borges (PT). Veja a lista completa 01 - João Gomes (PT) 02 - Roberto Naves (PTB) 03 - Pedro Canedo (DEM) 04 - Carlos Antonio (PSDB) 05 - Lisieux José Borges...

Leia mais

“Má fé”, diz Eli Rosa sobre denúncia que culminou em busca e apreensão da PF em seu gabinete

O vereador Eli Rosa (PMDB), vice prefeito na chapa de João Gomes (PT), que concorre  à reeleição em Anápolis, usou o Facebook para se defender da denúncia que culminou em uma operação de busca e apreensão da Polícia Federal na manhã desta quarta-feira (26), em seu gabinete na Câmara Municipal. Para Eli Rosa, a denúncia de distribuição indevida de vale-combustíveis, feita por um ex-candidato a vereador de seu partido, é "vazia" e de "má fé". Para tentar explicar a origem do dinheiro usado na denúncia, o vereador divulgou um extrato bancário e pediu aos internautas que avaliem a justificativa. " nunca houve valores nem de entrada nem de saída, no fundo partidário do diretório Municipal do PMDB de Anápolis. Digo ainda que todos os valores destinados à abastecimento de combustíveis são oriundos diretamente do Diretório Regional do PMDB", publicou.

Leia mais

Polícia Federal faz busca e apreensão no gabinete de Eli Rosa, vice de João Gomes

Atualizada às 18h30 com mais informações Na manhã desta quarta-feira (26) agentes da Polícia Federal estiveram no gabinete do vereador Eli Rosa (PMDB), candidato a vice prefeito na chapa de João Gomes (PT), que concorre à reeleição. A operação, que ocorreu entre 09h e 09h30, buscava documentação sobre distribuição indevida de vale-combustíveis feita pelo diretório municipal do PMDB, do qual Eli Rosa é presidente. Ele não estava no local. Uma lista com 13 nomes foi apreendida. "A suspeita é que eles tenham assinado recibos em branco, o que caracteriza prestação irregular de contas, pois você oficia um valor, mas em branco pode colocar qualquer montante", disse o delegado Luciano Dornelas ao G1. A operação foi autorizada pela Justiça Eleitoral e ocorre a quatro dias da eleição que decidirá quem governará Anápolis pelos próximos quatro anos. O material apreendido será analisado pela Polícia Federal. Segundo Dorneles, caso seja necessário, Eli Rosa poderá ser convocado para prestar...

Leia mais

Pesquisa Fortiori mostra Roberto do Órion com 11 pontos na frente de João Gomes

Divulgada nesta terça-feira (25), a primeira pesquisa Fortiori confirma a tendência constatada por outros institutos e mostra o candidato Roberto do Órion (PTB) à frente de João Gomes (PT) na disputa do segundo turno em Anápolis. Considerando os votos válidos (que descartam brancos, nulos e indecisos), Roberto do Órion tem 55,6% e João Gomes 44,4%. Na estimulada, onde o nome dos candidatos são apresentados ao entrevistado, o petebista tem 45% das intenções de votos contra 36% do petista - que disputa a reeleição. Brancos e Nulo somam 12,3%; indecisos representam 6,7%. Na espontânea Roberto do Órion alcança 37%, enquanto João Gomes atinge 29,2%. Neste cenário, indecisos aumentam para 26,3% e votariam nulo ou branco 7,5%. Rejeição O levantamento também perguntou em quem o entrevistado não votaria de jeito nenhum no próximo dia 30. João Gomes aparece com 33,5% e Roberto do Órion tem 21,5%. Não rejeitam nenhum dos dois 33,2% e...

Leia mais

Suspensão da propaganda eleitoral em Anápolis foi pedida pelo Ministério Público

Atualizada às 21h57, com respostas da coordenação de campanha de João Gomes Partiu do Ministério Público Eleitoral o pedido liminar de suspensão da propaganda eleitoral de João Gomes (PT) e Roberto do Órion (PTB) no rádio e televisão por 24h. O órgão viu exagero nas críticas pessoais e ataques veiculados pela coligação de ambos candidatos, que disputam o segundo turno pela Prefeitura de Anápolis. O juiz eleitoral da 141ª Zona Eleitoral, Algomiro Carvalho Neto, concordou com os argumentos apresentados pelo MP e determinou que no lugar de todos os programas políticos fossem exibidos apenas o aviso "Propaganda suspensa por decisão da Justiça Eleitoral". Algomiro justificou a decisão porque "a possibilidade de piora do cenário da campanha eleitoral, tendo em conta que a cada dia aumentam os ataques e críticas destrutivas" e ainda determinou "que os representados se abstenham de veicular propaganda, por qualquer meio, especialmente no horário gratuito do rádio e da televisão, com conteúdo semelhante ao constante...

Leia mais
Página 1 de 3 1 2 3

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist