Para Valeriano, comunismo e ‘eventos homossexuais’ promovem destruição da família

(Foto: Reprodução)

Não é só os problemas da cidade que estão no radar dos candidatos a prefeito de Anápolis. Temas polêmicos e com alta carga ideológica também começam a aparecer nos discursos dos prefeitáveis. Neste domingo (21), o postulante pelo PSC, mesmo partido de Jair Bolsonaro, Valeriano Abreu, publicou na página que mantém no Facebook o trecho de uma entrevista concedida à Rádio Imprensa, em que ele condena o comunismo e temas como a famigerada ‘ideologia de gêneros’ e eventos homossexuais.

Para Valeriano, é possível perceber nas literaturas de Marx, Engels e Gramsci que “para se implantar o comunismo o princípio básico é destruir as famílias”. Mesma intenção é atribuída pelo candidato aos “eventos homossexuais”, que “na prática, o quer se promover é a destruição das famílias”, emenda.

Valeriano também diz que no mesmo pacote desses eventos vem “a implantação da ideologia de gênero”, onde se faz com que “menino não se reconheça como menino e a menina não se reconheça como menina, que é algo básico, algo que é da natureza, mas que se decide depois de crescer. Na verdade, é uma aberração, é inadmissível e essas ideias são defendidas pelo PT”, alfinetou.

Veja:

Em tempo

Valeriano foi secretário municipal de Defesa do Consumidor na gestão petista, de Antônio Gomide e João Gomes, em Anápolis até o início deste ano.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook