Resumo Escrava Mãe – Segunda 02/10/2016

Miguel continua carregando Juliana com Tito Pardo até que eles avistam alguém segurando uma tocha. Eles se deparam com quilombolas e pedem ajuda. É quando um dos quilombolas reconhece Miguel e já se ajoelha diante dele, beijando suas mãos. Ele diz a Líder que foi Miguel quem o libertou junto com outros escravos. Líder leva Juliana para cuidar. Tito Pardo diz a Miguel que precisa voltar para o engenho mas Miguel diz que precisa de mais um favor. Tito Pardo vai até a casa de Irani e pede para ela ajudar a salvar Juliana. Irani sai para ajudar. Irani coloca várias ervas nas costas de Juliana, que está dormindo. Miguel está a seu lado, sofrido. Ambos parecem exaustos. Juliana desperta, bem devagar, ainda sentindo muitas dores. Miguel a beija na testa. Maria Isabel e desperta e pergunta de Miguel e Beatrice diz que Tito Pardo foi busca-lo. Sapião pressiona e Esmeria conta o que aconteceu com Juliana. Tito Pardo diz à Beatrice que não encontrou Miguel na mata. Teresa vai conversar com Guilherme e pede que ele faça justiça com Almeida. Guilherme se surpreende com o pedido e dá um beijo em Teresa. Irani cuida de Juliana que acorda e recebe a notícia que Maria Isabel perdeu o bebê. Maria Isabel pede que Zé Leão traga Juliana viva ou morte. Ele diz que não pode fazer isto. Loreto abre a cela para Almeida sair. Almeida segue para a assembleia, seguido por Loreto. Na câmara municipal Guilherme pede que uma testemunha entre. Almeida se assusta já que não cometeu furto nenhum. Neste momento, Quintiliano aparece. Juliana acorda e recebe o carinho de Miguel. Ela começa a tossir e ele entrega um pano para proteger a boca. Eles se espantam quando veem que há sangue no pano.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

loading...