PublicidadePublicidade

Justiça autoriza primeiro casamento de homem com duas mulheres, no RJ

Os três moram em uma casa de apenas um quarto e pretendem aumentar a família

Avatar Rafaella Soares -

Ouvir histórias de homens que se casam com mais de uma mulher parece até história de novela. Entretanto, um caso real aconteceu neste mês de agosto no Rio de Janeiro.

O funcionário público Leandro Jonattan de Silva Sampaio, de 33 anos, se casou com a dona de casa Thais Souza de Oliveira e com a estudante Yasmin Nepomuceno da Cruz, ambas de 21 anos.

O matrimônio ficou marcado como o primeiro casamento poliafetivo permitido judicialmente no estado fluminense.

PublicidadePublicidade

Curiosamente, os três moram em uma casa de apenas um quarto e pretendem aumentar a família. A estudante Yasmin tem planos de ter um filho e quer que ele tenha os sobrenomes do trio na certidão de nascimento.

Leandro Jonattan e suas duas esposas. (Foto: Reprodução/ O Globo)

Apesar de rara, a história não é inédita no Brasil. A Justiça reconheceu outro casamento entre três pessoas em 2012, na cidade de Tupão, em São Paulo.

As informações são do jornal O Globo.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade