PublicidadePublicidade

Mãe e padrasto são presos após denúncia por estupro das duas filhas

Abuso foi descoberto pela professora de uma delas, que levou o caso à polícia

Da Redação Da Redação -

Uma mulher de 43 anos e o marido, de 44 anos, foram presos na última quarta-feira (24) sob a suspeita de estuprar as duas filhas dela, de 9 e 10 anos, em Valparaíso de Goiás, localizado a 135 km de Anápolis.

O caso está sendo investigado desde o último mês de julho, quando a menina mais nova disse à professora que ela e a irmã eram abusadas pelo padrasto e que mesmo contando para a mãe, ela não tinha feito nada para ajudá-las.

Desde o desabado, a professora da criança procurou uma Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) da cidade e denunciou o crime.

PublicidadePublicidade

À polícia, as meninas disseram que era a mãe fazia com que elas se revezassem para vigiar o padrasto todas as vezes em que tinham de ficar a sós com ele.

De acordo com a Polícia Civil, mesmo que elas reprendessem o homem, ainda sim ele tinha o costume de passar a mão nas partes íntimas delas, além de morder os seios e obrigá-las a sentar no colo dele.

Ambos em prisão temporária, a mãe deverá responder por conivência, ao permitir que as filhas fossem abusadas, e o padrasto por estupro de vulnerável.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade