Multa a partir de R$1 mil para quem atear fogo em lotes baldios de Anápolis

Secretaria Municipal de Meio Ambiente intensificou ações para coibir as queimadas criminosas na cidade

Denilson Boaventura -

Dados do 3º Batalhão do Corpo de Bombeiros mostram que já foram registrados 63 casos de incêndios em Anápolis somente no mês de julho deste ano.

Até setembro o tempo continuará seco e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente intensificou as ações para coibir as queimadas criminosas na cidade.

Titular da pasta, Wederson Lopes explicou que o órgão dispõe de dois agentes exclusivos para atender demandas dessa natureza.

Segundo o secretário,  é a partir de R$1 mil, dependendo do tamanho da área afetada, a multa aplicada em quem é pego em flagrante ateando fogo ou provocando queimadas.

Antônio El Zayek, diretor de Meio Ambiente aponta que, além do enfraquecimento da flora nativa e a redução da fauna, as queimadas trazem malefícios à saúde, como aumento na ocorrência de problemas respiratórios.

“Tudo é uma questão de conscientização. Evitar que incêndio proposital aconteça interfere diretamente na qualidade de vida da nossa cidade”, destaca.

As denúncias de crimes ambientais podem ser feitas pelo Disque 156 da Prefeitura de Anápolis ou diretamente na Secretaria Municipal de Meio Ambiente pelos telefones (62) 3902-1237 e 3902-1069.

“É importante que o denunciante informe o caso da forma bem detalhada, porque os agentes precisam do máximo de informações, inclusive de quem causou, para ter condições de autuar o autor da queimada”, orienta Wederson Lopes.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.