Corpo encontrado ao lado de jumento na GO-338 é reconhecido no IML de Anápolis

Somente a perícia da Polícia Civil poderá confirmar a principal suspeita apontada no caso

Da Redação -

Familiares Sérgio Fabrício de Oliveira, de 55 anos, encontrado morto às margens da GO-338, em Pirenópolis, na manhã deste sábado (08), já fizeram reconhecimento do corpo no Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis.

Segundo o Corpo de Bombeiros, junto ao homem também estava um jumento morto e é possível que eles tenham sido atropelados durante a madrugada.

“Só a perícia poderá determinar, mas, a princípio, consideramos ser um atropelamento baseados em alguns critérios: a pista não tem acostamento, a longa distância que o corpo estava da pista e os traumas sofridos apontam para esta constatação”, explicou o sargento Andrade ao Mais Goiás.

(Foto: Reprodução)

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) registou a ocorrência e agora o caso deverá ser esclarecido pela Polícia Civil.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.