Querendo aparecer no Caldeirão do Huck, homem perde dinheiro em Anápolis

Ele tinha certeza que estava sendo beneficiado, mas acabou precisando da ajuda da polícia

Da Redação -

Um homem teve de se deslocar até a Central de Flagrantes de Anápolis na quinta-feira (13) após cair no golpe da ligação premiada e perder uma quantia de R$1.500.

Em entrevista ao radialista Marcelo Santos, a vítima contou que estava em casa quando o telefone tocou e o estelionatário disse que trabalhava na Vivo e informou que ele teria ganhado um prêmio de R$25 mil e um celular de R$2 mil.

“Ele ainda me perguntou o que eu estava achando e eu disse que fiquei impressionado porque a gente não espera receber um prêmio desse. Também quis saber onde eu estava e se eu queria receber o smartphone em casa”, relatou.

PublicidadePublicidade

Após aceitar a proposta, o criminoso ainda perguntou se o homem queria aparecer em algum programa famoso de televisão, como o Domingão do Faustão, para mostrar ter sido ganhador do prêmio. Animado com a ideia, ele afirmou que queria ser visto no Caldeirão de Huck.

Já convencido que a premiação era verdadeira, a vítima foi informada que só poderia ter acesso ao dinheiro e celular depois que fizesse um depósito com o valor de R$1.500. Ele só percebeu que havia sido enganado quando perdeu a quantia.

Responsável pelo caso, a delegada Geinia Maria Etherna afirmou que, para evitar esse tipo de situação, é preciso ter cautela e é sempre necessário verificar de onde vem as ligações, qual o número e de que estado é o DDD.

“Esses golpes são velhos e dura há muitos anos. Já fizeram várias vítimas e continuam fazendo, assim como golpe do carro quebrado, bilhete premiado, conto do achadinho. O número de golpes é muito grande. Ninguém recebe prêmio pagando prêmio”, disse.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.