PublicidadePublicidade

Um par de chinelos e a triste consequência para jovem que tentou furtar no Supervi

Se processado e condenado, Carlos Alberto poderá ficar preso durante quatro anos em regime fechado

Da Redação Da Redação -

Carlos Alberto Nascimento de Abreu Júnior, de 18 anos, teve de ser levado para a cadeia pública de Anápolis após a família dele não conseguir pagar uma fiança de R$ 318.

Nesta segunda-feira (26), o jovem foi preso após tentar sair do Supervi do Jardim Goiano, na região do IAPC, sem pagar um par de chinelos.

Conforme registrado no boletim de ocorrências, os seguranças do estabelecimento suspeitaram o modo como ele passava pelas gôndolas e passaram a acompanhá-lo pelo videomonitoramento.

PublicidadePublicidade

Em um dado momento, Carlos Alberto pegou o calçado, retirou o lacre e colocou nos pés. Pensando que não levantaria suspeitas, o jovem levou outros objetos de menor valor ao caixa e pagou por eles.

Na saída,  Carlos Alberto foi contido e a Polícia Militar acionada. Levado para a Central de Flagrantes, ele confessou tudo e foi autuado por furto (artigo 155).

Segundo a Polícia Civil, o rapaz ainda passará por uma audiência de custódia e o destino dele será decidido por um juiz.

Se processado e condenado, Carlos Alberto poderá ficar preso durante quatro anos em regime fechado.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade