PublicidadePublicidade

Adolescente que não queria ir à aula levou chutes na cabeça em Anápolis

Desordem só foi controlada após a chegada de viaturas da Polícia Militar

Da Redação Da Redação -

O último dia de novembro foi marcado por confusão no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case), na Avenida Brasil Sul, em Anápolis.

Nesta sexta-feira (30), a Polícia Militar precisou se deslocar até a unidade após um chamado dos agentes socioeducativos.

Nas dependências da Ala D, um adolescente de 16 anos havia sido agredido por outros dois colegas de mesma idade com diversos pontapés na cabeça.

PublicidadePublicidade

O motivo, segundo os envolvidos, seria a resistência do rapaz para ir assistir às aulas. Socorrido, ele recebeu atendimento médico no Hospital Municipal Jamel Cecílio.

Já os outros menores foram encaminhados pelos policiais até a Central de Flagrantes da Polícia Civil, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por lesão corporal.

As informações são do radialista Marcelo Santos

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade