PublicidadePublicidade

Trabalhador que levou tiro na cabeça não resiste e morre no HUANA

Esclarecimento do caso ficará a cargo de agentes da Polícia Civil

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução)

Lázaro Hilário, de 53 anos, não resistiu e morreu na noite desta sexta-feira (30) no Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HUANA).

Ele foi baleado na cabeça em Niquelândia enquanto diria um Toyota Hilux da Tencel Engenharia, empresa que presta serviços a Enel.

Segundo depoimento de testemunhas, Lázaro Hilário não esboçou nenhum tipo de reação e mesmo assim os suspeitos agiram com violência.

PublicidadePublicidade

A motivação do crime seria a pressa em fugir de outro assalto – já que o veículo que eles estavam apresentou problemas e foi incendiado.

O esclarecimento do caso ficará a cargo de agentes da Polícia Civil.

As informações são do radialista Marcelo Santos

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade