Portal 6

O que a Polícia Civil já sabe sobre assassinato de jovem em Anápolis

(Foto: Arquivo Pessoal / Facebook)

Nas redes sociais, vídeo mostra momento da execução e amigos lamentam a morte prematura do rapaz

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) já identificou os possíveis suspeitos de assassinarem a tiros Leonardo Neves Rodrigues de Andrade, de 20 anos, no Jundiaí, bairro nobre da região Central de Anápolis, na madrugada desta sexta-feira (08).

Conforme o delegado Fábio Vilela, responsável pelo caso, a equipe trabalhou durante toda a madrugada colhendo provas e buscando por testemunhas para que o crime seja elucidado o quanto antes.

“Foi expedido as intimações de possíveis testemunhas e agora estamos atrás das testemunhas para que a gente possa ouvir ainda hoje. Vamos materializar os elementos que servirão de prova, ver os depoimentos e com base nisso tentar prender ainda em flagrante ou pedir a prisão”, explicou.

O homicídio ocorreu pouco antes de 02h30, quando o jovem estava em uma moto e acompanhado com uma garota. Registro de câmeras de segurança mostram o exato momento em que tudo aconteceu.

Nas imagens, dois homens descem de um carro já apontando a arma e Leonardo tenta se esconder, mas rapidamente recebe o primeiro tiro.

A vítima então se afasta da garota e sai correndo para o meio da rua. É neste instante que os criminosos disparam outras vezes contra ele e fogem no veículo. O GIH trabalha com a suspeita de que o crime foi cometido por um ex-namorado da garota.

Nas redes sociais, são muitos os amigos e familiares que lamentam a morte prematura de Leonardo e relatam o quanto ele era alegre e prestativo.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.