PublicidadePublicidade

Era assim que empresário agia para enganar muita gente em Anápolis

Ele responderá por crimes tributários e contra o consumidor caso mais irregularidades sejam comprovadas

Da Redação -

Uma investigação do Grupo Especial de Repressão à Crimes Patrimoniais (Gepatri) chegou na tarde desta quarta-feira (24) a uma espécie de refinaria clandestina de óleo lubrificante na Rua 02, do bairro São João, na região Sudeste de Anápolis.

Conforme a Polícia Civil, o empresário coletava o produto pronto para descarte em diversos estabelecimentos comerciais de Anápolis.

Posteriormente, ele fervia e acondicionava o líquido em galões com tampas e lacres novos de marcas conhecidas como a Lubrax.

PublicidadePublicidade

Uma perícia já foi solicitada pelo Gepatri para atestar a atividade ilegal. Por enquanto, o homem foi autuado apenas por crime ambiental.

O empresário responderá também por crimes tributários e contra o consumidor caso mais irregularidades sejam comprovadas.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade