Portal 6

Operação nacional da Polícia Civil prende três homens em Anápolis

(Foto: Divulgação / Polícia Civil)

Força-tarefa cumpriu um total de 207 mandados de prisão apenas em Goiás

A Polícia Civil realizou em todo o país nesta terça-feira (28) a Operação Cronos II, que tinha o objetivo de prender, principalmente, acusados de homicídios e feminicídios.

Em Anápolis, o Grupo de Capturas e Apoio Operacional (CAOP) e o Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) cumpriram mandados de prisão de três homens.

Lucas José Tavares da Silva, de 28 anos, é acusado de matar Wesley Martins Vieira no dia 19 de setembro de 2015, na Vila Jaiara, com  disparos de arma de fogo.

No momento da prisão, no Residencial Copacabana, Lucas ainda resistiu a detenção e entrou em luta corporal com os agentes, resultando em lesões leves nele e em um dos policiais.

Josias Holderban Silva, de 20 anos, é apontado como autor do homicídio doloso de Leonardo Gonçalves da Silva e tentativa de homicídio  contra Jefter Augusto Silva, no último dia 1º de maio, no Conjunto Filostro Machado.

O último mandado cumprido foi contra Marcos Vinicius da Silva Oliveira, de 27 anos, que é suspeito do homicídio doloso contra Paulo Augusto, no dia 02 de março deste ano, no Bairro de Lourdes.

Todos eles deverão ser encaminhados ao Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc e já foram colocados à disposição da Justiça. As motivações dos crimes ainda não foram esclarecidas.

Em todo o estado de Goiás, um total de 207 pessoas foram detidas durante a Operação Cronos II, sendo cinco delas menores de idade.

Quer comentar?

Comentários




Nosso Twitter



Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.