Portal 6

Essa é a atitude que a Enel decidiu tomar contra irregularidades em Anápolis

(Foto: Alex Malheiros / Enel)

Pretensão é diminuir a poluição visual e os riscos de acidente envolvendo cabos soltos de telefonia

A Enel iniciou nesta terça-feira (25) em Anápolis a fiscalização de telecomunicações nos postes da cidade para notificar empresas que têm compartilhamento de infraestrutura e estão com cabos e equipamentos irregulares.

Esse compartilhamento se trata do uso conjunto da rede de distribuição aérea com as instalações das redes de telecomunicações. O serviço se dá por meio de aluguel.

De acordo com a companhia, as normas técnicas permitem que até cinco empresas façam ligações em um único poste, sendo que a distância mínima da fiação de baixa tensão na área urbana é de cinco metros.

No entanto, ficou constatado que essas regras não estão sendo cumpridas e as empresas acabam sobrecarregando os postes da distribuidora e comprometendo a estrutura da rede de distribuição e a segurança dos clientes.

A expectativa da Enel é realizar cerca de 1.600 regularizações e 2.200 fiscalizações por mês, em toda a área de concessão, no prazo de três anos.

Nos casos em que as empresas não fizerem as regularizações necessárias, a distribuidora deverá retirar, com risco emergencial, a fiação clandestina.

A ação ainda pretende diminuir a poluição visual e os riscos de acidente envolvendo cabos soltos de telefonia.

Os clientes que precisarem saber se uma empresa está devidamente cadastrada ou se uma fiação está irregular devem entrar em contato pelo telefone 0800-62-0196 ou pelo e-mail [email protected].

Quer comentar?

Comentários




Nosso Twitter



Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.