PublicidadePublicidade

Estudante de Anápolis que venceu concurso nacional sonha em trabalhar com design de automóveis

Integrantes do Governo Federal conheceram o garotinho e, além dos prêmios, ele também será reconhecido pelo ministro-astronauta Marcos Pontes

Da Redação Da Redação -

Victor Fellipe Souza Silva estava nervoso, mas não parava de sorrir, parecia ainda não acreditar no que estava acontecendo. Ele é aluno da Escola Municipal Clóvis Guerra, tem 13 anos, está no 7º ano e foi o ganhador do 3º Concurso de Desenhos da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), realizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

O resultado saiu na segunda-feira (24) e já na manhã desta terça (25) representantes do Governo Federal desembarcaram até a Vila Jaiara, maior bairro da região Norte da cidade, para conhecer o ganhador.

Sob o tema Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável, o concurso recebeu mais de 450 inscrições de escolas públicas e privadas de todo o território nacional. A votação bateu recorde e, de acordo com o próprio Ministério, foram mais de 16 mil votos, sendo 36% deste total apenas para o estudante anapolino.

PublicidadePublicidade

Aplaudido por todos colegas, Victor receberá reconhecimento do próprio ministro, o astronauta Marcos Pontes, durante a abertura da SNCT, programada para 21 de outubro de 2019, em Brasília. Além disso, sua arte servirá de base para a criação da identidade visual do evento. Mas a cereja do bolo é especial: ele também poderá escolher qualquer centro de pesquisa brasileiro – vinculado ao MCTIC – para conhecer.

(Foto: Divulgação)

“Vou lembrar deste momento a vida toda”, comentou o ganhador, que sonha em trabalhar com design de automóveis. O orgulho maior foi do avô, Ildebrando Ribeiro de Souza, que não conteve a emoção. Ele contou que, quando recebeu a notícia, chorou. E a equipe da escola, a coordenadora Divina Lisboa e a diretora Elismar Padilha, fizeram questão de ressaltar: ele não é bom apenas no desenho, sua dedicação e bom desempenho se estendem a todas disciplinas. Reputação confirmada pela mãe, Pollyana Eugênia de Souza, “é um menino de ouro, com um futuro muito promissor”.

O coordenador de Popularização da Ciência do MCTIC, Ivo Leite Filho, fez questão de vir a Anápolis conhecer Victor. “É muito importante revelar talentos e conhecê-los de perto. Estamos observando as boas práticas das escolas. Qualquer que seja a aptidão do aluno, ela precisa ser valorizada e desenvolvida”, pontuou.

Victor, conforme observou o secretário Alex Martins, é o retrato do potencial que a rede pública de educação tem.

“A escola pública é local de desenvolvimento intelectual, de acesso a oportunidades e que depende da dedicação, vontade e entusiasmo de cada um dos nossos 37 mil alunos da rede. O Victor é um exemplo, tanto para os colegas de escola como para toda rede”, pontuou o titular da pasta.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade