PublicidadePublicidade

Polícia Civil procura homem que atropelou idosa de propósito em Anápolis

Impacto foi tão forte que ela morreu na hora

Da Redação -

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da Polícia Civil de Anápolis ainda não conseguiu indentificar o motorista que atropelou e matou uma idosa de 66 anos na Avenida Ayrton Senna, no Parque Brasília, região Leste de Anápolis, na madrugada desta segunda-feira (1º).

Segundo a Polía Militar, Rosângela Garcia Ishikwa e Luiz Henrique Tavares, de 28 anos, estavam no canteiro central da via quando atingidos propositalmente por um Peugeot 207 preto após uma discussão em um pit dog.

O jovem, que ficou com uma fratura exposta no fêmur, está internado no Hospital Estadual de Urgências de Anápolis (HUANA). Segundo a assessoria de comunicação da unidade, ele ainda passará por uma cirurgia e não corre risco de morte.

Em conversa com a reportagem do Portal 6, o delegado Cleiton Lobo informou que ainda câmeras de segurança no local, o que dificulta a identificação do autor do assassinato.

A idosa está sendo velada na Sala 01, do salão da Funerária Senap, no bairro São Jorge.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade