Portal 6

Barraco entre servidores da Saneago em Anápolis vai parar na delegacia

(Foto: Reprodução)

Toda a confusão teria começado com desentendimento em um grupo de WhatsApp

Paula Costa de Araújo, de 33 anos, ocupa um cargo de supervisão na Saneago em Anápolis e teve de procurar a Central de Flagrantes nesta segunda-feira (15) para registrar um Boletim de Ocorrência pelo crime de injúria.

Consta no documento que tudo começou no último dia 07 de julho, quando o servidor João Batista Alves de Souza se envolveu em uma discussão com um engenheiro da Prefeitura, por meio de um grupo de WhatsApp, e se excedeu, proferindo “palavras delegantes e desrespeitosas”.

Como manda a função, Paula teria ido até à mesa de João para repreendê-lo, mas ao invés de ouvir o que ela tinha para dizer, o homem começou a atacá-la com palavrões que a reportagem acha por bom tom não reproduzi-los.

Consta ainda no Boletim de Ocorrência que o homem abandonou o posto de trabalho e retornou xingando a chefe de “biscate”. Toda a cena foi testemunhada por outros colegas.

Os detalhes do caso foram relatados à gerente regional da Saneago em Anápolis, Tânia Valeriano, que acompanhou Paula à delegacia para denunciar o comportamento agressivo de João Batista.

Em tempo

O Portal 6 tentou falar com Tânia Valeriano para saber por que a situação demorou tantos dias para ser registrada na Polícia Civil e quais providências foram tomadas em relação ao funcionário. No entanto, a gerente da estatal não retornou contato.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.