Portal 6

Acompanhante de Anápolis teme pela vida após fazer sexo com rapaz por 7 dias seguidos

Pai dele disse que o filho atualmente está com “o comportamento diferente e apresenta sinais de psicopatia”

Com o psicológico bastante abalado, uma mulher decidiu buscar ajuda da Polícia Civil (PC), em Anápolis. Moradora da cidade, ela atua como acompanhante e há meses vem sendo perseguida por um rapaz que fez sexo com ela.

Segundo o Boletim de Ocorrência (BO), registado esta semana, ele conseguiu o contato dela em um site de entretenimento adulto e o primeiro programa dos dois ocorreu no mês de maio, em Jataí. Na ocasião, eles se encontraram em uma casa de massagens.

Antes dela regressar a Anápolis, eles voltaram a ter relações sexuais por mais nove vezes – sendo que em todas o rapaz efetuou regularmente o pagamento. Um mês depois, a acompanhante esteve outra vez em Jataí e se encontrou com ele novamente.

Nessa oportunidade, os dois fizeram sexo por sete dias consecutivos. No entanto, conforme o relato da acompanhante, foi aí que o problema começou. Emocionado, o rapaz passou a importuná-la diariamente com ligações e mensagens.

Ela contou que mesmo o bloqueando, ele arruma outros números de telefone e também passou a ameaçá-la. Temendo pela própria integridade física e também a dos filhos que tem para criar, a acompanhante chegou a pedir “pelo amor de Deus” para o rapaz a deixar em paz.

Sem sucesso, ela procurou o pai dele para conversar sobre a situação que vem ocorrendo. Mas, ainda de acordo com o BO, o homem não conseguiu ajudá-la e disse que o filho atualmente está com “o comportamento diferente e apresenta sinais de psicopatia”.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.