Portal 6

Mega operação da PRF em Anápolis mostra o perigo que estudantes estão correndo

(Foto: Divulgação/ PRF)

Corporação se diz surpresa, pois, após operação realizada no início do ano, o número de veículos irregulares não diminuíram

Uma ação realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Anápolis na noite desta segunda-feira (11) reprovou quase todos os veículos de transporte escolar abordados pelos agentes nas BR’s 060, 153 e 414. São por essas rodovias federais que  alunos de pelo menos 16 municípios desembarcam nas faculdades e universidades anapolinas todos os dias.

Batizada de Operação Viagem Segura, a força-tarefa apreendeu em duas horas um total de 47 veículos e apenas dois deles cumpriam as exigências legais e de segurança para transporte intermunicipal de passageiros. Dos 45 foram reprovados foram geradas 87 infrações, que variam de leves à gravíssimas.

Segundo a PRF,  vans e ônibus apresentaram pneus lisos, para-brisa trincado, extintor vencido, sistema de iluminação inoperante e falta do cinto de segurança.

Outras irregularidades como falta de inspeção semestral, motoristas sem o curso específico para o transporte escolar, falta do dispositivo de visão periférica e o não uso do cinto de segurança foram, no entanto, as infrações mais anotadas.

Os veículos que foram parados nos pontos de bloqueios transportaram os alunos até seus destinos, colégios e faculdades. Logo em seguida, os mesmo foram conduzidos à Unidade Operacional para inspeção.

Até às 02h da manhã, nove ônibus e vans permaneciam no pátio por não terem condições de tráfego.

“Em um ônibus que percorre cerca de 80 km para trazer os estudantes para Anápolis, a PRF detectou irregularidades como sistema de iluminação inoperante, tacógrafo irregular, sem cintos de segurança, sem autorização para transporte escolar, falta de equipamentos obrigatórios e a falta do dispositivo de visão periférica”, informou a corporação.

“O que surpreende a PRF é que no início do período escolar de 2019, esta operação reprovou metade dos veículos fiscalizados em Anápolis, a expectativa era que esses números fossem reduzidos”, completou em release.

A Operação Viagem Segura deve passar ainda por vários municípios de Goiás para checar as condições dos veículos e combater irregularidades que provocam acidentes.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.