PublicidadePublicidade

Em Anápolis, ‘madame’ que dirigia carro roubado teve que pagar fiança alta para ser liberada

Ela afirmou não saber de nada, mas também não conseguiu apresentar nenhuma prova

Da Redação Da Redação -
PublicidadePublicidade

Uma mulher identificada apenas como R. C. A. M precisou ser encaminhada à Central de Flagrantes nesta terça-feira (04) para prestar esclarecimentos.

Moradora de Pirenópolis, ela decidiu vir até Anápolis e acabou sendo flagrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) dirigindo um carro roubado, modelo Fiat Argo, na BR-414.

Enquanto era ouvida pelo delegado plantonista, R. C. A. M afirmou que não sabia que o veículo era fruto de um crime quando o comprou. No entanto, não apresentou nenhum documento que provasse a negociação com o antigo dono.

PublicidadePublicidade

Por essa razão, ela teve de ser autuada por receptação e uma fiança foi arbitrada no valor de R$ 3 mil. Apesar de ser um valor alto, ela pagou de pronto e responderá pelo processo em liberdade.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade