Portal 6

O que acontecerá com os repatriados antes de irem embora da Ala 2

No início da tarde, eles embarcarão em dois aviões da Força Aérea Brasileira para nove destinos no país

As 58 pessoas que ficaram em quarentena na Ala 2 de Anápolis, incluindo os 34 repatriados da China, país epicentro do coronavírus, participarão de uma cerimônia promovida pelo Governo Federal antes de embarcarem para seus estados em aeronaves militares.

No evento falarão autoridades, como os ministros da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e Relações Exteriores, Ernesto Araújo, além do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e do prefeito de Anápolis, Roberto Naves (PP).

Um telão de LED foi instalado próximo à pista de decolagem e existe a expectativa de que uma mensagem especial do presidente da República, Jair Bolsonaro, seja reproduzida a todos que ficaram no isolamento.

No início da tarde, eles embarcarão em dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) para nove destinos do país e almoçarão durante o voo.

Segundo a assessoria de comunicação do Ministério da Defesa, haverá em uma espécie de “aproveitamento logístico” para as bases militares mais próximas de onde os repatriados moram.

A rota passará por Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Florianópolis.

Apenas dois brasileiros pegarão voos comerciais após desembarque em solo paulista.

Quer comentar?

Comentários






Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.