Portal 6

Enfrentando câncer, mulher de Anápolis não aguentou agressões do marido e PM precisou intervir

Decisão da vítima, no entanto, mudou a situação e caso foi repassado à DEAM

Uma mulher de 50 anos, moradora da Vila João Luiz de Oliveira, região Sudeste de Anápolis, precisou pedir ajuda da Polícia Militar (PM) após ser agredida pelo marido, de 51 anos, nesta segunda-feira (30).

Assim que a viatura chegou ao local, a vítima contou que é casada há 31 anos e o companheiro chegou em casa alcoolizado e transtornado, revirando todos os móveis e proferindo uma série de xingamentos.

Aos gentes, a mulher disse ainda que já sofre violência psicológica há oito anos e não aguenta mais viver nessa situação, pois está fazendo um tratamento contra um câncer de mama e muito abalada.

Como o agressor se mostrou instável e violento, os policiais precisaram algemá-lo antes de encaminhá-lo à Central de Flagrantes da Polícia Civil.

A vítima, no entanto, desistiu de representar criminalmente contra o marido e o caso, registrado apenas como injúria, foi repassado à Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM).

Quer comentar?

Comentários