Portal 6

Vereador de Anápolis diz que porta de entrada do coronavírus foi o carnaval e defende cloroquina

(Foto: Ismael Vieira)

“Se tem medicamento, mesmo sem comprovação científica, mas se tem eficácia comprovada, que seja utilizado”, afirmou

O vereador Lélio Alvarenga (PSC) afirmou nesta segunda-feira (13) que o carnaval foi a principal porta de entrada do novo coronavírus no Brasil.

Segundo o parlamentar, é preciso responsabilizar os governadores de estados como Rio de Janeiro, São Paulo e Ceará. “Mesmo diante de alertas, eles bancaram a realização do carnaval. Estamos pagando caro”, disse.

Na tribuna da Câmara Municipal, o vereador disse que os governantes estavam comprometidos com o carnaval, porque fizeram investimentos nos festejos.

“Com ou sem carnaval a doença entraria, mas com menos força do que vimos hoje”, analisou.

Lélio Alvarenga também defendeu o uso da cloroquina, medicamento que, que segundo ele, tem deixado a comunidade científica dividida.

“Se tem medicamento, mesmo sem comprovação científica, mas se tem eficácia comprovada, que seja utilizado. Especialmente a hidro (sic), que é mais leve. Funciona como um marcador”, afirmou.

Quer comentar?

Comentários